quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Vitória segue exigindo multa integral e esfria interesse do Corinthians por Tréllez



Se antes os dirigentes do Corinthians viam com muito otimismo a negociação para levar o atacante Tréllez do Vitória, nos últimos dias o cenário deu uma modificada. Após a nova diretoria assumir o rubro-negro, a cúpula corintiana foi avisada que o atleta só sairá de Salvador antes do fim do contrato, caso a multa rescisória no valor de R4 10 milhões seja paga.
Com isso, o clube paulista, que esperava pagar cerca de R$ 2 milhões e envolver jogadores na negociação, viu a situação se complicar um pouco. As partes ainda não dão a negociação como finalizada, mas o Timão já começa a buscar outras opções de atacante no mercado.
Outro fator que tem dificultado as negociações é que o Corinthians acertou a venda do artilheiro Jô para o Nagoya Grampus, do Japão, por R$ 43 milhões, e isso faz com que alguns clubes aumentem suas pedidas nas transações.
O novo diretor de futebol do Leão, Erasmo Damiani, já afirmou que ainda não recebeu nenhuma proposta oficial pelo jogador. Contudo, já houve um contato com o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, onde foram informadas as condições para uma possível transferência do colombiano.
“É até engraçado esse negócio de se acertar com o jogador, mas ainda não falar com o presidente. Quando fazem isso com eles, ficam bravos. O Alessandro conversou comigo para perguntar o que deveria fazer, e eu falei para enviar uma proposta ao presidente. Mas até agora não chegou”, afirmou Damiani em entrevista ao Lance.
Até o momento o Corinthians tem apenas três atacantes para o início da temporada de 2017, Kazim, Carlinhos e Junior Dutra, o único reforço anunciado oficialmente pelo clube até o momento.
Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

tags

0 comentários:

Postar um comentário