quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Com novidades e carência no gol, Bahia inicia a temporada hoje



Praticamente um mês depois do início das férias, o Fazendão vai voltar a respirar o futebol nesta quarta-feira (3), quando o elenco do Bahia se apresenta para a temporada 2018.
Há rostos conhecidos como os atacantes Hernane e Edigar Junio, o meia Zé Rafael e os zagueiros Lucas Fonseca e Tiago. Mas o torcedor pode esperar também por caras novas.
Contratado por empréstimo do Palmeiras, o lateral-direito João Pedro, que estava na Chapecoense em 2017, será uma das novidades. Além dele, a expectativa é pela presença de outros reforços como os volantes Nilton e Elton, o também lateral-direito Nino Paraíba e o atacante Élber. Eles vão passar por exames médicos antes de serem anunciados oficialmente.
Nino Paraíba e Elton tiveram a Ponte Preta como último clube e acabaram rebaixados à Série B do Campeonato Brasileiro no fim do ano passado. Nilton, ex-Vasco e Cruzeiro, estava no Vissel Kobe, do Japão. Élber vem do Cruzeiro. 
O time terá reforços das divisões de base. Os zagueiros Everson e Bolívia, que estouraram idade de júnior, e o goleiro Deijair sobem de vez para o elenco profissional, que perdeu Jean, vendido ao São Paulo. A lacuna, por sinal, ainda não foi preenchida.
Novidade também fora de campo. No primeiro ano de trabalho de Guilherme Bellintani na presidência do tricolor, Guto Ferreira está de volta ao clube após ter deixado o Bahia na terceira rodada da Série A de 2017 para comandar o Internacional na Série B.
Diferentemente do ano passado, quando participou da Flórida Cup, nos Estados Unidos, o Bahia fará toda a pré-temporada em Salvador. Com o calendário mais apertado por causa da Copa do Mundo, a equipe terá só 15 dias de preparação até a estreia na Copa do Nordeste, dia 18, contra o Botafogo-PB, na Fonte Nova.
A preocupação com o tempo fez o tricolor abrir mão de disputar a Taça Asa Branca, torneio amistoso disputado em janeiro pelo campeão da Copa do Nordeste contra uma equipe a definir.
Não dá para fazer jogo, viagem... terminaria prejudicando a pré-temporada, e a gente quer um time forte aqui, indo fisicamente bem. É importante fazer uma boa pré-temporada. Vamos focar na nossa realidade sem querer fazer muita coisa que dê resultado de marketing, mas pouco resultado esportivo”, justificou Bellintani em entrevista à Rádio Metrópole.
Correio

tags

0 comentários:

Postar um comentário