quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

PM que matou gerente de loja no Santo Antônio é solto



Já está solto o policial militar Sérgio Ricardo Sobral Guerreiro que matou a tiros o gerente de loja André Luís Santos Silva, 32 anos, e deixou ferido o primo dele, Adriano Santos Santana, 27, no bairro do Santo Antônio, na madrugada de segunda-feira (1º).  A informação foi confirmada ao CORREIO no início desta tarde (3) pelo do Departamento de Comunicação Social (DCS) da Polícia Militar (PM).
De acordo com nota enviada pela PM, “o policial militar responde em liberdade por decisão da Justiça, após audiência de custódia”. Na esfera administrativa, foi instaurado um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD), que pode implicar até na demissão do militar. O crime segue sendo investigado pela Polícia Civil.
Câmeras de segurança registraram o momento em que o militar atira nas vítimas. No vídeo, é possível ver os primos correndo pela rua, próximo a Cruz do Pascoal e o PM atirando em uma das vítimas - de camisa branca, que seria Adriano. Nas imagens, ele dispara na direção de Adriano, que já está caído no chão, e depois volta e atira novamente. Adriano foi atingido no braço esquerdo de raspão e joelho esquerdo. Já André Luís morreu no local.
O policial militar, lotado no Batalhão de Choque, foi autuado em flagrante no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). No mesmo dia do crime, mas à noite, Sérgio Ricardo compareceu no DHPP junto com um advogado.
Correio

tags

0 comentários:

Postar um comentário