domingo, outubro 22, 2017

Número de mortos em maior ataque da história da Somália sobe para 358



O governo da Somália informou que o número de mortos no pior atentado terrorista do país subiu para 358. O relatório foi divulgado pelo ministro de Informação, Abdirahman Osman, na última sexta-feira (20). Segundo ele, 56 pessoas ainda estão desaparecidas após dois caminhões-bomba explodirem em uma rua movimentada de Mogadíscio. Outras 400 pessoas ficaram feridas.
A explosão ocorreu em frente ao Safari Hotel, um estabelecimento popular da região. O local recebeu milhares de somalis angustiados para rezar em lembrança pelas centenas de vítimas. Um xeique que liderou as orações afirmou que "essa dor vai durar anos". O governo da Somália culpa o grupo extremista al-Shabab por realizar o atentado, que não reivindicou sua autoria. O grupo é ligado à Al-Qaeda e costumam cometer atentados suicida em Mogadíscio e em suas imediações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Polícias Civil e Militar realizam operação em Cruz das Almas

Uma operação planejada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, foi deflagrada para cumprir mandados judiciais no bairr...