quarta-feira, novembro 15, 2023

Morte de casal em Barra Grande: homem xingou suposta juíza antes do crime e pediu desculpas

A morte de um casal na manhã de segunda-feira (13/11) chocou os moradores da localidade de Barra Grande, em Vera Cruz.

Parentes do homem de prenome Cléber afirmam que antes de ser morto, ele discutiu com uma mulher, que seria juíza. A esposa dele, Erika Santos, também foi assassinada.

A fonte do Informe Baiano relatou que Cléber chegou a xingar a mulher e ficou bastante preocupado. Ele, então, foi até ela e pediu desculpas. No município circula a informação que essa suposta juíza seria a mandante do duplo homicídio.

Ainda conforme a fonte do IB, Erika não seria o alvo e acabou morta porque estava dentro do carro com o marido no momento do ataque a tiros.
Nota da Polícia Civil

A 24ª Delegacia Territorial (DT/Vera Cruz) instaurou inquérito policial para apurar a morte de Cleber Dias da Silva, de 45 anos, e de Érica Conceição de Jesus, de 25 anos, na rodovia BA-001, na manhã de segunda-feira (13). As guias periciais e de remoção foram expedidas. A autoria e motivação do crime serão investigadas.

Nota da PM

No final da manhã de segunda-feira (13), policiais do 23º BPM foram acionados para averiguar denúncia de duas pessoas caídas ao solo, sem sinais vitais e feridas por disparos de arma de fogo, em Barra Grande, Ilha de Vera Cruz.

No local, a guarnição constatou o fato. Os militares isolaram o local e acionaram o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para a remoção dos corpos e a realização da perícia.

A autoria e motivação do crime deverão ser investigados pela Polícia Civil.
IB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TERRITÓRIO PROIBIDO: Alô Juca invade área do traficante Buel no bairro Tancredo Neves; veja com exclusividade

Após voltar do Rio de Janeiro, o repórter Marcelo Castro foi até a localidade conhecida como Buracão, no bairro Tancredo Nev...