sexta-feira, novembro 24, 2023

Tiroteio deixa um morto na região metropolitana de Salvador

Um homem morreu durante um confronto com a Polícia Militar nesta quinta-feira (23) em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Embora não tenha tido a identidade revelada, ele é apontado pela polícia como suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.
Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os policiais atuavam na 16ª edição da Operação Força Total antes do confronto.
As guarnições patrulhavam a região quando avistaram um suspeito armado e partiram para abordagem”, afirmou a SSP em nota. Ainda segundo o comunicado, os agentes partiram para a abordagem, mas o homem tentou fugir.


Durante a fuga, outros homens teriam se juntado ao primeiro suspeito, e começaram a disparar contra as equipes. Um deles foi atingido e socorrido mas, segundo o major Guilherme Borges, comandante da unidade policial, o homem não resistiu aos ferimentos. Os outros suspeitos fugiram.
Ao final da ação, foram apreendidos uma pistola nove milímetros, dois carregadores, um Hyundai Creta, 37 porções de K9, 29 trouxas de maconha, 24 munições do mesmo calibre e R$ 110 em dinheiro.

Operação Força Total
Desde a manhã desta quinta-feira (23), a Polícia Militar baiana está empenhada na 16ª edição da Operação Força Total, que abrange todos os 417 municípios do estado. A operação tem o objetivo de ampliar a segurança por meio de ações preventivas e ostensivas com o emprego máximo da tropa, segundo a SSP.

“No acumulado de 15 edições anteriores, a Polícia Militar conseguiu retirar de circulação 314 armas de fogo, prender 499 criminosos em flagrante, conduzir 1.159 pessoas às delegacias e recuperar 258 veículos”, informou a Secretaria. Não foi informado o número de suspeitos mortos durante as edições anteriores da operação.

Mortes na Bahia
De acordo com um levantamento feito pela CNN, subiu para 23 o número de pessoas mortas em confrontos com a Polícia Militar (PM) baiana no mês de novembro. Segundo a corporação, todos os mortos eram suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na Bahia.

*Sob supervisão de Bruno Laforé
F: CNN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mulher leva cadáver do próprio tio para sacar empréstimo: "O senhor precisa assinar"

Uma mulher levou um cadáver em uma cadeira de rodas para tentar fazer um empréstimo de R$ 17 mil em uma agência bancária de Bang...