terça-feira, janeiro 09, 2024

Fogo Cruzado: Quase 100 mulheres foram mortas com arma de fogo em Salvador e RMS

Segundo dados do Instituto Fogo Cruzado, 98 mulheres foram mortas em 2023, vítimas de armas de fogo em Salvador e Região Metropolitana (RMS). Seis delas são vítimas de feminicídio, incluindo uma adolescente de apenas 16 anos. Os casos são, em sua maioria, de mulheres jovens e negras. O levantamento leva em conta os casos de 1º de janeiro a 29 de novembro de 2023.

Entre elas, estava Adriele de Almeida Cardoso, de 36 anos, atingida por disparos dentro do carro na Rua Nigéria, em Granjas Rurais. Estava também Carla dos Santos Nunes, jovem de 27 anos que teve o corpo abandonado com marcas de tiro na Rua Elmano Silveira Castro, no bairro do IAPI.

E ainda Lavínia Cerqueira Rodrigues, de 16 anos, morta após participar de uma festa, tipo “paredão”, no bairro de Valéria. Renata Freitas, enfermeira de 37 anos, também. Foi morta a tiros dentro da casa onde morava no bairro de Mussurunga pelo companheiro que tirou a própria vida momentos depois.

Já na cidade de Vera Cruz, Joseane Souza Gomes, de 44 anos, foi morta a tiros pelo companheiro dentro de casa na região conhecida como Barra do Pote. A poucos quilômetros dali, Maria José Vieira Pinto, de 56 anos, perdeu a vida da mesma forma, na região de Gameleira.
Bahia 190

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem é vitima de homicídio no Anel de Contorno após ser atropelado

Um homem ainda não identificado foi morto no final da tarde desta sexta-feira (19), por volta das 17h30, na Avenida Eduardo Froe...