segunda-feira, janeiro 22, 2024

Tudo o que se sabe sobre o naufrágio em Madre de Deus

Era por volta das 22h de domingo (21) quando uma embarcação naufragou na Baía de Todos-os-Santos ao sair de Ilha Maria Guarda em direção a Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). 

Cinco pessoas morreram. As vítimas são três mulheres, um homem e uma criança. Seis ocupantes da embarcação ficaram feridos, e três deles foram levados para leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dos hospitais Roberto Santos, Municipal de Salvador e Subúrbio, todos na capital baiana.
Duas pessoas estão desaparecidas, entre elas uma criança de seis anos, identificada como Alice. O condutor da embarcação também não foi encontrado. De acordo com a Marinha do Brasil, há indícios de que havia mais pessoas a bordo do que o permitido. O barco, que tinha a capacidade para 10 passageiros e um tripulante, estava com documentação regular.
Não se sabe ao certo o que aconteceu no momento do acidente, mas acredita-se que houve uma briga a bordo e que a maioria dos tripulantes foi para o mesmo lado da embarcação, o que teria causado o naufrágio. Por volta das 7h, equipes da Marinha estavam na região do acidente em busca dos desaparecidos.

A travessia de Ilha Maria Guarda para Madre de Deus é considerada tranquila e pode ser feito em cerca de 10 minutos. A embarcação que naufragou era a penúltima a sair do píer. Os ocupantes voltavam de uma festa.

Internados em leitos de UTI 

Paciente do sexo masculino de 6 anos: internado na UTI pediátrica do Hospital Roberto Santos

Paciente do sexo feminino de 1 ano: internada na UTI pediátrica do Hospital do Subúrbio

Paciente do sexo feminino de 56 anos: internada na UTI do Hospital Municipal de Salvador.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BDM x CV: principais facções da Bahia voltam a se enfrentar no Curuzu neste domingo (14)

As duas principais facções do estado da Bahia voltaram a se enfrentar na madrugada deste domingo (14), no Curuzu. Moradores mand...