domingo, março 10, 2024

Bahia derrota o Jequié e larga em vantagem na semifinal do Baianão

O Bahia venceu o Jequié por 1 x 0 e largou em vantagem na semifinal do Campeonato Baiano. Neste sábado (9), apesar de ter controlado a partida na maior parte do tempo, o Tricolor teve dificuldades para ser efetivo. No fim, David Duarte fez o gol do triunfo após escanteio cobrado por Luciano Juba.

Com o resultado no Estádio Waldomiro Borges, o Esquadrão jogará por um empate no jogo da volta para ficar com a vaga na final. Em caso de vitória do Jipão por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis.

Na próxima terça (12), o Bahia entrará em campo por outro mata-mata. A equipe baiana vai enfrentar o Caxias no Estádio Centenário (RS), às 21h30, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O JOGO

Primeiro tempo

Jogo equilibrado no Waldomirão. O Bahia ficou mais com a bola, porém o Jequié teve as melhores oportunidades para abrir o placar. Logo aos oito minutos, Adriel salvou o Tricolor após Capa invadir a área sozinho, mas finalizar em cima do goleiro. Depois, em jogada similar, Alex desperdiçou nova chance. A melhor jogada do Esquadrão foi com Luciano Juba aos 30 minutos, que obrigou a defesa do Jipão afastar o perigo em cima da linha. 

Aos oito minutos, Capa recebeu lançamento e contou com falha de Gabriel Xavier para ficar com a bola. O meia invadiu a área e bateu forte, mas em cima de Adriel. 

Aos 16, jogada parecida com a anterior. Dessa vez, Alex que desperdiçou a chance de abrir o placar após o goleiro tricolor defender mais uma.

Na trave, mas não valeu! Aos 20 minutos, Alex ganhou dividia com Yago Felipe e chutou de fora da área. A bola carimbou o travessão, porém o árbitro marcou falta do atacante no início do lance.

Aos 30, Luciano Juba aproveitou cruzamento, driblou o goleiro e, sem ângulo, deu um toque para o gol. No entanto, Guga, em cima da linha, afastou o perigo. 

Segundo tempo

Na segunda etapa, a partida continuou com a mesma dinâmica do primeiro tempo – o Bahia com mais posse de bola e o Jequié aproveitando os espaços na defesa tricolor. A diferença foi que as melhores chances para inaugurar o marcador foram do Esquadrão. Já o Jipão se fechou no seu campo de defesa e apostou nas ligações diretas para surpreender o adversário. 

Aos seis minutos, Azevedo avançou pela direita e lançou na segunda trave. Capa se infiltrou nas costas de Gilberto e fez o cabeceio, mas mandou por cima da meta.

Na sequência, foi a vez de Rafael Ratão fazer a mesma jogada. Luciano Juba testou firme entre dois marcadores, porém Marcos espalmou para longe.

Aos 11, Biel cobrou escanteio na área, David Duarte dominou e bateu, mas a bola passou rente à trave esquerda.

Aos 22 minutos, Everaldo recuperou a bola e soltou uma bomba de fora, porém o goleiro jequieense estava bem posicionado e fez a defesa.

Sensacional! Aos 41, Ademir recebeu lançamento na área e cruzou para trás. Thaciano chegou finalizando à queima-roupa, mas Marcos fez uma grande defesa para evitar o pior.

Gol do Bahia! Logo em seguida, Luciano Juba cobrou escanteio na cabeça de David Duarte. O zagueiro pulou mais que todo mundo e testou firme para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

Jequié 0 x 1 Bahia 
Campeonato Baiano – Semifinal
Local: Estádio Waldomiro Borges, em Jequié (BA)
Data: 09/03/2024 (sábado)
Horário: 16h
Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira (BA) e Jucimar dos Santos Dias (BA)
Quarto árbitro: Bruno Nogueira Prado (BA)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (FIFA-RN)

Gol: David Duarte (Bahia)  

Jequié: Marcos; Elivelton, Sérgio Baiano, Jean e Espeto; Azevedo (Bruno Henrique), Guga (Caetano) e Capa (Vagner); João Grilo © (Medina), Kaynan e Alex (Igor Badio). Técnico: Gabardo Jr.

Bahia: Adriel; Gilberto, Gabriel Xavier, David Duarte e Cicinho ©; Rezende (Jean Lucas), Yago Felipe (Caio Alexandre) e Biel (Ademir); Rafael Ratão (Thaciano), Luciano Juba e Oscar Estupiñan (Everaldo). Técnico: Rogério Ceni
F.Forte na notícia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Polícia Federal encontra 9 corpos após resgate de barco à deriva; vítimas são migrantes da África

Nove corpos foram encontrados após o resgate do barco de 13 metros encontrado à deriva no litoral do Pará. As informações foram ...