domingo, março 31, 2024

Menina de 10 anos sai para comprar refrigerante e é violentada e morta; polícia prende suspeito

A Polícia prendeu um homem acusado de matar uma menina de 10 anos, identificada como Kevelin Sofia Campos Pereira, em Campinas, interior de São Paulo, na manhã de sexta-feira (29). A criança havia saído para comprar um refrigerante, mas não voltou.

O último momento em que Kevelin foi vista com vida foi ás 11h12, quando ela chega ao estabelecimento, que fica no mesmo bairro em que mora, para comprar a bebida, ao qual paga com o cartão de crédito da mãe.

Com o desaparecimento, familiares e amigos decidiram procurar a menina por conta própria, ainda na sexta, mas não a encontraram. Quem localizou o corpo da garota, em uma outra rua, no mesmo bairro, foi um pedreiro que chegava para trabalhar em uma obra, na manhã deste sábado (30). A menina não estava mais com o cartão de crédito.

A Polícia, que já procurava por Kevelin desde a noite de sexta, quando foi registrado o boletim de ocorrência, intensificou as buscas pela região e localizaram o suspeito, que mora próximo ao estabelecimento onde a garota foi comprar o refrigerante.

Na delegacia, o homem que foi preso em flagrante, teria confessado o crime e ainda contado que abusou sexualmente da menina, antes de matá-la. De acordo com o Metrópoles, o preso teria dito ainda onde estava a arma usada para matar a criança, que posteriormente foi apreendida e encaminhada para a perícia. O acusado foi indiciado por estupro de vulnerável e homicídio qualificado e permanece à disposição da Justiça.

BNEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TERRITÓRIO PROIBIDO: Alô Juca invade área do traficante Buel no bairro Tancredo Neves; veja com exclusividade

Após voltar do Rio de Janeiro, o repórter Marcelo Castro foi até a localidade conhecida como Buracão, no bairro Tancredo Nev...