sexta-feira, março 29, 2024

Pai que matou e carbonizou filha chegou a dormir com cadáver

O homem de 39 anos preso na terça-feira (26), em São Paulo, suspeito de matar e carbonizar a própria filha, de 18, confessou o crime e disse que dormiu com o cadáver em seu apartamento. Ele ainda quebrou as pernas da vítima para que pudesse colocar em uma caixa. 
Wellington da Silva Rosas teria cometido o crime para atingir a ex-mulher, mãe da jovem. Os dois haviam se separado recentemente. 
Segundo a polícia, o homem estava em casa, bebendo com a filha, Rayssa Santos da Silva Rosas, que tinha ido visitá-lo no domingo (24). Os dois acabaram se desentendendo, iniciando uma briga. Ele teria atacado a garota por ela ter ficado do lado da mãe na separação.

Wellingtou disse à polícia que esganou a filha até a morte e que foi dormir, em seguida, com o cadáver no apartamento.

Na segunda-feira (25), o suspeito quebrou as pernas do corpo da filha para conseguir colocar o cadáver em uma caixa. Ele transportou o corpo com a ajuda de um carrinho de mudança e toda a ação foi flagrada por uma câmera de monitoramento. As informações são do site Metrópoles.

Em depoimento, Welington afirmou ter contratado um homem em situação de rua para que fosse até um posto de combustíveis comprar etanol e, em seguida, incendiar o corpo de Rayssa. Ele teria dado R$ 10 para que o rapaz cometesse o crime. A polícia procura o suposto comparsa para que ele seja indiciado por participação no crime.

O corpo de Rayssa foi encontrado dentro de um vão, em uma rua que dá acesso à Avenida 23 de Maio, uma das mais movimentadas do centro de São Paulo. 

Wellington foi preso em flagrante na tarde de terça-feira (26) e a Justiça decretou, em audiência de custódia, que ele fique preso por tempo indeterminado. Ele já havia sido preso anteriormente por roubo e tráfico de drogas.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SAPEAÇU: Município vai ter a segunda mulher candidata a Prefeita da história

O município de Sapeaçu vai ter mais um mulher candidata nas eleições municipais de 2024, figurando na chapa majoritária. A prim...