quarta-feira, março 27, 2024

Vereador pede minuto de silêncio a homem suspeito feminicídio em Feira de Santana; Olívia Santana critica

O vereador de Feira de Santana José Carneiro (MDB) solicitou, durante uma sessão no Centro de Cultura Amélia Amorim, um minuto de silêncio em homenagem a Mackeyb Oliveira, inspetor da Guarda Municipal de Araci suspeito de matar a esposa e depois cometer suicídio na cidade de Feira de Santana, a cerca de 110 quilômetros de Salvador.
“Eu queria pedir a vossa excelência, que no final desta sessão, a gente possa fazer um minuto de silêncio em homenagem ao cidadão Mackeybe, que infelizmente cometeu um crime, mas era uma pessoa querida nessa cidade. Todo ser humano tem momentos de fraqueza e eu tenho certeza que com Mackeybe foi um momento de fraqueza”, disse José Carneiro.

O pedido, no entanto, foi negado pela Câmara de Vereadores. “Não acredito que é cabível, especialmente no mês de março, marcado pelo Dia Internacional das Lutas das Mulheres, a Câmara Municipal conceder um minuto de silêncio em relação a isso. Se houver um minuto de silêncio, deve ser em homenagem a Geisa de Assunção Santiago, de 42 anos, barbaramente assassinada”, rebateu o também vereador, Jhonatas Monteiro (PSOL).

“Queria deixar o nosso repudio, felizmente o minuto de silêncio não ocorreu, mas não poderia deixar de fazer esse registro”, pontuou.

Nas redes sociais, a deputada estadual Olívia Santana (PCdoB) também criticou o pedido do vereador: “É triste ter que comentar essa fala abominável, o vereador José Carneiro, que pediu no plenário da Câmara de Vereadores de Feira de Santana, um minuto de silêncio em memória de um feminicida. E ainda diz que toda pessoa tem seu momento de fraqueza”, disse.

“José Carneiro, isso não é momento de fraqueza, misoginia é o machismo extremo, é a supremacia do ódio na mente de uma pessoa, de um homem que se sente proprietário de uma mulher a ponto de achar que pode destruí-la e até se autodestruir em nome desse sentimento odioso”, criticou.

O caso:

O agente da Guarda Municipal matou a esposa e em seguida tirou a própria vida, na noite de quinta-feira (21/03), em Feira de Santana. O crime aconteceu no bairro Sim. Conforme a fonte do Informe Baiano, o casal estava dentro de uma caminhonete Hilux quando iniciaram a discussão. A mulher saiu do carro e foi atingida por tiros. Em seguida, o homem conhecido como Henrique atirou na própria cabeça.
Fonte IB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TERRITÓRIO PROIBIDO: Alô Juca invade área do traficante Buel no bairro Tancredo Neves; veja com exclusividade

Após voltar do Rio de Janeiro, o repórter Marcelo Castro foi até a localidade conhecida como Buracão, no bairro Tancredo Nev...