sexta-feira, abril 26, 2024

Acusada de desviar auxílio, diretora é exonerada de cargo no interior da Bahia

Depois de ser investigada por supostamente desviar cartões de auxílio estudantil do programa do governo do Estado, a professora Aline de Souza Galis foi exonerada do cargo na Secretaria. Ela atuava como diretora do Colégio Estadual Professora Aurivaldina Joazeiro da cidade de Itamaraju, na Bahia. A exoneração ocorreu através da portaria 00781665 de 25 abril de 2024.
Segundo informações divulgadas pelo site Siga a Notícia, a investigação sobre desvios de recursos de cartões do auxílio estudantil, que distribui valores de R$ 150,00 para estudantes assíduos, fez com que a Delegacia Territorial (DT) de Itamaraju a cumprir um mandado de busca e apreensão na unidade de ensino onde Aline lecionava nesta quinta-feira (25).
Durante a ação, documentos e elementos que possam identificar as vítimas e as circunstâncias dos desvios foram coletados. Conforme apontaram as investigações, algumas vítimas afirmaram não ter recebido o auxílio estudantil, o que comprovou que compras foram realizadas em estabelecimentos comerciais da cidade em nome dos estudantes.

Em contato com o BNews, a Secretaria de Educação do Estado (SEC) afirmou que "abrirá, imediatamente, uma sindicância para apuração dos fatos e tomará as providências cabíveis, com base nas informações levantadas".

Já com relação a investigção policial, a pasta garantiu que disponibilizará "todos e quaisquer documentos necessários para as investigações, que cabem aos órgãos competentes da Polícia e do Judiciário".
 Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Policiais militares e suspeitos morrem em acidente durante perseguição

Quatro pessoas morreram em função de uma perseguição policial, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada d...