sexta-feira, abril 12, 2024

Pai é preso em Camaçari suspeito de colocar chumbinho em chupeta do filho por não aceitar paternidade


Um homem suspeito de tentar matar o filho de 2 meses envenenado com chumbinho no ano de 2010, foi preso na quinta-feira (11), no distrito de Barra de Pojuca, em Camaçari, cidade da região metropolitana de Salvador. Segundo a Polícia Civil, o homem colocou o veneno na chupeta do bebê por não aceitar a paternidade da criança.

A diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro, detalhou que na época do crime, em outubro de 2010, o bebê foi socorrido para um hospital, onde foi medicado e sobreviveu.

Apesar da tentativa de homicídio ter acontecido há quase 14 anos, o mandado de prisão preventiva contra o suspeito foi expedido pela Justiça em 2018. Desde então, ele era considerado foragido. A polícia não detalhou o motivo pelo qual o mandado de prisão preventiva só foi expedido em 2018, oito anos após o crime.

A delegada Andréa Ribeiro informou que quando interrogado sobre o caso, o suspeito disse, à época, que queria apenas dar um susto na mãe do bebê.

A prisão do suspeito aconteceu durante a 37ª fase da “Operação Argus”, feita por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

O suspeito fez exames de lesões corporais no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador e foi encaminhado à Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), onde está à disposição da Justiça.

Conteúdo G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moto é roubada em Sapeaçu ba noite desta quarta-feira (29)

Na noite desta quarta-feira (29) ,uma motocicleta modelo PoP cor branca placa polícial PLW0B84, foi tomada de assalto na mediaçõ...