terça-feira, abril 09, 2024

Pastor com ficha criminal 'pesada' é preso por estuprar criança e missionária

Um homem com pesada ficha criminal, conhecido como Pastor César, foi preso preventivamente no último sábado (6), no Distrito Federal, por suspeita de estuprar uma missionária. O líder religioso já havia violentado uma menina de 9 anos em 2020, mas só foi condenado neste ano. 
Segundo a Polícia Civil, Júlio César Aparecido Pereira dos Santos, de 40 anos, praticou o estupro mais recente contra uma missionária de 41 anos. Para os investigadores, o pastor se aproveitou da influência como líder religioso para convidar a vítima a um suposto encontro para orações. Ao dar carona para a mulher, porém, o abusador desviou o caminho e a estuprou na casa dele.
Segundo o site Metrópoles, o delegado-chefe da unidade policial, Pablo Aguiar, contou que o pastor tem passagens pela polícia por vários delitos como violência doméstica, tráfico de drogas, homicídio e furto. 

Crime contra criança

Júlio César foi denunciado em dezembro de 2020 pelo estupro de uma criança de 9 anos, sua parente. O abusador foi condenado a 16 anos e três meses de reclusão por estupro de vulnerável, mas forneceu endereços incorretos à Justiça para evitar ser intimado e tentar escapar do cumprimento da pena.
A Polícia Civil do Distrito Federal divulgou a imagem do suspeito para que outras vítimas possam reconhecê-lo e procurar a polícia para contribuir com as investigações.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedreiro morre ao cair de estrutura de seis metros em Feira de Santana

Um homem morreu, neste sábado (18), após cair de uma altura de cerca de seis metros, enquanto realizava um serviço de pedreiro e...