terça-feira, maio 14, 2024

Comerciante acusada de matar companheiro no Parque Ipê agiu em legítima defesa, diz delegado

A Polícia registrou na manhã desta sexta-feira (10) um assassinato na Rua Vila Nova bairro Parque Ipê contra Adilson da Silva Santos, de 41 anos. A companheira dele, de 42 anos, é a acusada de cometer o homicídio na cozinha da residência do casal ultilizando uma faca.

Segundo relatos, após o ato, a comerciante permaneceu sentada em frente à casa, aguardando a chegada da polícia. Em entrevista concedida ao repórter Denivaldo Costa, o cabo PM Rodrigo Santos informou que a acusada alegou legítima defesa, citando histórico de agressões anteriores por parte de seu marido.
A mulher foi detida pela equipe da 66ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e encaminhada ao Complexo de Delegacias do Sobradinho. O corpo de Adilson foi levado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), conforme levantamento cadavérico do delegado Gustavo Coutinho, que foi responsável por apurar o caso.
A presença de um veículo Corolla na frente da residência, segundo vizinhos, seria utilizado no socorro pela autora do crime em razão da demora do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Blog Central de Polícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Policiais militares e suspeitos morrem em acidente durante perseguição

Quatro pessoas morreram em função de uma perseguição policial, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada d...