quinta-feira, maio 02, 2024

Homem que matou esposa e simulou suicídio dela na Bahia é condenado a 26 anos de prisão

O homem que estuprou e matou a esposa, em novembro de 2020, na cidade de Paulo Afonso, no norte do estado, foi condenado a 26 anos e oito meses de prisão.

De acordo com o Ministério Público da Bahia (MP-BA), Carlos Antônio dos Santos foi condenado por estupro seguido de feminicídio com asfixia e por motivo torpe, além de alteração do local do crime.
Ainda conforme o órgão, o crime aconteceu após Cintia Maria da Silva terminar o casamento e começar um novo relacionamento. Pessoas próximas relatam que ela sofria maus tratos e que já havia sido agredida pelo esposo em outra ocasião.
As investigações apontaram que Carlos Antônio forjou um suicídio e alterou a cena do crime. À polícia, ele informou que encontrou a vítima suspensa por um lençol e que cortou o tecido para tentar salvar a esposa.

Durante as investigações, imagens de câmeras de segurança foram analisadas. Elas revelaram que Carlos Antônio tirou um colchão da cena de crime, além disso, peritos encontraram manchas de sangue no veículo.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Policiais militares e suspeitos morrem em acidente durante perseguição

Quatro pessoas morreram em função de uma perseguição policial, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada d...