quinta-feira, maio 23, 2024

Mãe mata filha bebê, guarda corpo em freezer por um mês e é presa em Jaboatão dos Guararapes

Uma mulher foi presa, nesta quarta-feira (22), suspeita de ter matado a própria filha, uma bebê de 10 meses, na comunidade de Dom Helder, no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR). 

Segundo as primeiras informações da polícia, a mulher, de 27 anos, cometeu o crime há cerca de um mês e guardou o corpo da filha durante esse tempo em um freezer da sua residência. 
A mãe da suspeita foi, na noite de terça-feira (21), ao 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM), no bairro de Prazeres, também em Jaboatão dos Guararapes, para informar à polícia que a filha se recusava a informar o paradeiro da bebê. Segundo a polícia, a suspeita também ameaçava tirar a própria vida.

Após depoimentos de ambas, a corporação recomendou que fosse procurado o Conselho Tutelar para pedido de ajuda psicológica.

Na manhã desta quarta-feira, no entanto, a avó retornou ao Batalhão e afirmou que a filha confessou ter matado a criança e escondido o corpo em um freezer.

Os primeiros relatos da Polícia Militar também indicam que a mulher teria usado o veneno conhecido popularmente como "chumbinho" para matar a bebê.

As informações serão confirmadas pelo inquérito aberto pela Polícia Civil, que ficará responsável pelas investigações do assassinato. 

O corpo da bebê foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, localizado no bairro de Santo Amaro, na área central da capital pernambucana.

A mulher foi levada à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda o retorno para saber mais detalhes da prisão. 
F. Folha de Pernambuco 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão de taxista morto após briga por vaga detalha ocorrido: "Tirou a vida de um pai de família"

Os cidadãos que passavam pelas proximidades do Itaigara, em Salvador, presenciaram uma verdadeira cena de terror, após presencia...