quinta-feira, junho 06, 2024

Jovem baleado na nuca ao tentar separar briga morre após 24 dias internado

Um jovem, de 24 anos, morreu após ser baleado na nuca enquanto tentava separar uma briga em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Bruno Santos Alves ficou internado por 24 dias no Hospital Irmã Dulce, também na cidade, após o disparo atingir a coluna cervical dele. A Polícia Civil investiga o caso e trabalha para identificar os suspeitos de participação no homicídio.
A vítima foi baleada em uma praça em frente a uma adega, no bairro Anhanguera, em 12 de maio. O rapaz foi socorrido por testemunhas e levado ao Pronto-socorro do Quietude, mas acabou transferido ao Hospital Irmã Dulce, onde ficou internado até morrer na última terça-feira (4).

Conforme registrado em boletim de ocorrência, obtido pelo g1, policiais militares foram acionados para atender o caso, mas encontraram a vítima já no PS, onde foram informados sobre a bala ter acertado a coluna cervical dela.
Polícia
Ainda de acordo com o registro no BO, testemunhas do crime descreveram aos agentes um carro que estaria envolvido no caso. Diante disso, uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM) localizou e abordou o veículo na cidade, no entanto, não encontrou nada de ilícito e o motorista foi liberado.

Outra testemunha ouvida pela polícia disse que estava dentro da adega quando ouviu o disparo. Ela relatou que foi até o local onde Bruno foi atingido e pediu ajuda para outros clientes, que o colocaram em um carro para levá-lo ao PS.

Conforme apurado pela TV Tribuna, emissora afiliada da Globo, a polícia teve acesso às imagens de monitoramento e ouviu novas testemunhas para identificar o autor do disparo.
O caso foi registrado como homicídio na Central de Polícia Judiciária (CPJ) e encaminhado ao 1° Distrito Policial da cidade, onde é investigado.
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão de taxista morto após briga por vaga detalha ocorrido: "Tirou a vida de um pai de família"

Os cidadãos que passavam pelas proximidades do Itaigara, em Salvador, presenciaram uma verdadeira cena de terror, após presencia...