segunda-feira, 26 de junho de 2017

Após 4 dias de festas, chega ao fim o São João de Cruz das Almas



Chega ao fim o São João de Cruz das Almas. Já era madrugada desta segunda-feira (26), quando o cantor Zelito Miranda, a última atração do Arraiá da Cultura Popular, se apresentou no palco do Parque Sumaúma. Foram quatro dias de festa, distribuídos em três circuitos espalhados pela cidade. O município se destacou por ter inovado ao ponto de contratar apenas bandas do autêntico forró. Como consequência, se tornou o segundo local da Bahia mais procurado pelos turistas para passar o período junino.  
O Parque Sumaúma, que após quatro anos voltou a recepcionar o São João, recebeu entre os dias 22 e 25, 13 atrações no palco principal da festa, sendo algumas da região e outras reconhecidas nacionalmente. Cantores conhecidos como Santana, Flávio José, Targino Gondim, Lucy Alves, Adelmario Coelho e Carlos Pita, as bandas Sarapatel com Pimenta, Rasga Tanga, Acarajé com Camarão e Trio Nordestino, levaram ao delírio o público que lotou a praça todas as noites.
Quem também esteve em solo cruzalmense foi a cantora Elba Ramalho, conhecida como ‘Madonna do Agreste’, vencedora de 2 prêmios Grammy Latino. Primo de Elba, Zé Ramalho também se apresentou no São João de Cruz das Almas. 
Circuitos alternativos
Visando preservar a cultura das festas juninas, a prefeitura municipal criou o Circuito Oton Silva, localizado na Praça Senador Temístocles, onde fanfarras, bonecões, quadrilhas e bandas de forró pé de serra se apresentaram nos dias 23 e 24.
Assim como o Parque Sumaúma, a Praça Multiuso voltou a ser palco de atrações juninas após quatro anos. O circuito contou com vários artistas da região e grupos de dança.
Nosso Trabalho
Durante os festejos juninos, o Forte na Notícia se esforçou o máximo para deixar os leitores atualizados sobre os principais acontecimentos envolvendo o São João de Cruz. As matérias exclusivas publicadas aqui foram editadas por uma equipe que há 9 anos leva a sério o que faz. Valeu!
Até 2018
O São João de Cruz das Almas se despede levando uma importante mensagem para a preservação da cultura junina: é possível realizar uma festa tradicional, valorizando os artistas locais e dando a devida atenção que o forró raiz necessita nesse período. Até 2018!

Por: Diego Azevedo | FORTE NA NOTÍCIA 

tags

0 comentários:

Postar um comentário