terça-feira, 31 de outubro de 2017

Justiça decreta prisão preventiva de acusados de atentado em Muritiba



André Nunes do Nascimento - André Gordo -  Felipe dos Santos Santos - cantor Seco DS - e Reinaldo Costa Sacramento - Mamute - aguardarão  presos preventivamente a acusação que respondem. O trio está  custodiado a exatos 60 dias, quando foi decretada a prisão temporária, em seguida  prorrogada - trinta mais trinta (dias) -. Contudo nesta terça -feira (31) o Midia  Recôncavo em contato com a Polícia Civil foi informado da medida judicial aos jovens acusados de participação do crime que chocou a comunidade no último dia 14 de agosto, quando dois adolescentes foram assassinados num atentado  no Bairro Santana.
Os acusados negam o crime. A Defesa dos jovens tentam a liberdade provisória - afim de aguardar o julgamento sem a necessidade da prisão. O trio foi preso após uma testemunha aponta-los como partícipes do crime. A família dos acusados tentam mobilizar a comunidade em torno da inocência dos suspeitos. Segundo a Polícia  outros nomes estão sendo investigados na participação  dos homicídios.

Reportagem Mídia Recôncavo

tags

0 comentários:

Postar um comentário