sábado, 11 de novembro de 2017

Família reconhece corpo errado e homem dado como morto aparece vivo antes do velório na PB



Direto do Portal Correio - O município de Condado, Sertão paraibano, a 345 quilômetros de João Pessoa, foi palco de um caso inusitado nessa quarta-feira (8) quando um homem dado como morto pela família apareceu vivo e bêbado na casa dele pouco antes do início do que seria o próprio velório. 
Ao Portal Correio, o delegado Demétrius Patrício, da Polícia Civil em Patos, contou que o caso inusitado começou quando a polícia foi acionada, na quarta-feira, após um corpo ter sido encontrado no lixão de Condado.
“Fomos até o lixão e constatamos o corpo, que não mostrava sinais de tiro ou facadas. Lá, pessoas afirmavam ser familiares e diziam ter reconhecido o morto. Essas pessoas apresentaram documentos e disseram que o aspecto físico do morto era muito parecido com o de um familiar que estava desaparecido há dois dias e sofria de epilepsia. Com isso, encaminhamos o corpo para o Instituo Medico Legal em Patos para necropsia e liberação posterior”, contou o delegado.
Porém, o caso começou a ter uma reviravolta quando, na quinta-feira (9), o homem dado como morto apareceu bêbado em casa, assustando os familiares.
“Na quinta à noite o corpo estava prestes a ser liberado pelo IML e os familiares estavam terminando de preparar o velório quando o rapaz reconhecido pela família como morto apareceu bêbado em casa. Os familiares tomaram um susto. Ficamos sabendo que o rapaz estava vivo quando funcionários da funerária foram até o IML em Patos e pediram para ‘cancelar a liberação do corpo, pois o morto estava vivo’. Cerca de uma hora depois os familiares foram até a delegacia e nos comunicaram o fato oficialmente. Foi uma situação muito inusitada”, disse o delegado.

Ainda segundo o delegado, o corpo do homem que ficou no IML em Patos foi reconhecido pela verdadeira família e liberado para sepultamento.
Nova Cruz Oficial

tags

0 comentários:

Postar um comentário