domingo, 3 de dezembro de 2017

Coritiba e Avaí se juntam a Atlético-GO e Ponte entre rebaixados para Série B



A luta para fugir do rebaixamento foi coberta de emoções até o encerramento de todos os jogos. Ao fim das dez partidas, o Coritiba e o Avaí se juntaram a Ponte Preta e Atlético-GO, que já tinham caído, entre os que se despedem da Série A.
De quatro times que ainda brigavam só um conseguiu vencer na rodada final. Diante do campeão Corinthians, na Ilha do Retiro, o Sport ganhou por 1 a 0 com gol de André e escapou da queda. Já o Avaí até buscou um empate fora de casa contra o Santos, na Vila Belmiro, mas vai disputar a Segundona em 2018. Copete abriu o placar para o Peixe, aos 30 do primeiro tempo, e Pedro Castro, com um golaço, igualou para os catarinenses em seguida.
Os duelos com contornos mais dramáticos ficaram por conta de Coritiba e Vitória. Contra a Chapecoense, na Arena Condá, o Coxa começou bem e balançou as redes com Kleber Gladiador, aos 14 minutos, resultado que garantiria o Alviverde na primeira divisão. A Chape, porém, empatou ainda no primeiro tempo, com Elicarlos. Na etapa final, já nos acréscimos, Túlio de Melou virou para os donos da casa, garantindo os catarinenses na Libertadores e decretando o rebaixamento do Coritiba.
O jogo entre Vitória e Flamengo teve roteiro semelhante, mas com desfecho bem diferente. Carlos Eduardo marcou para os baianos na reta final do primeiro tempo, fazendo os torcedores que lotaram o Barradão respirarem aliviados. O Flamengo, entretanto, cresceu na reta final do segundo tempo e também alcançou a virada. Rafael Vaz e Diego, de pênalti, no último lance da partida, fizeram os gols. Detalhe: não fosse o gol de Túlio de Melo, ocorrido quase ao mesmo tempo na Arena Condá, a equipe rebaixada teria sido o Vitória.
Coritiba e Avaí se juntam a Atlético-GO e Ponte entre rebaixados para Série B
A luta para fugir do rebaixamento foi coberta de emoções até o encerramento de todos os jogos. Ao fim das dez partidas, o Coritiba e o Avaí se juntaram a Ponte Preta e Atlético-GO, que já tinham caído, entre os que se despedem da Série A.
De quatro times que ainda brigavam só um conseguiu vencer na rodada final. Diante do campeão Corinthians, na Ilha do Retiro, o Sport ganhou por 1 a 0 com gol de André e escapou da queda. Já o Avaí até buscou um empate fora de casa contra o Santos, na Vila Belmiro, mas vai disputar a Segundona em 2018. Copete abriu o placar para o Peixe, aos 30 do primeiro tempo, e Pedro Castro, com um golaço, igualou para os catarinenses em seguida.
Os duelos com contornos mais dramáticos ficaram por conta de Coritiba e Vitória. Contra a Chapecoense, na Arena Condá, o Coxa começou bem e balançou as redes com Kleber Gladiador, aos 14 minutos, resultado que garantiria o Alviverde na primeira divisão. A Chape, porém, empatou ainda no primeiro tempo, com Elicarlos. Na etapa final, já nos acréscimos, Túlio de Melou virou para os donos da casa, garantindo os catarinenses na Libertadores e decretando o rebaixamento do Coritiba.
O jogo entre Vitória e Flamengo teve roteiro semelhante, mas com desfecho bem diferente. Carlos Eduardo marcou para os baianos na reta final do primeiro tempo, fazendo os torcedores que lotaram o Barradão respirarem aliviados. O Flamengo, entretanto, cresceu na reta final do segundo tempo e também alcançou a virada. Rafael Vaz e Diego, de pênalti, no último lance da partida, fizeram os gols. Detalhe: não fosse o gol de Túlio de Melo, ocorrido quase ao mesmo tempo na Arena Condá, a equipe rebaixada teria sido o Vitória.
Foto: Coritiba/Divulgação

tags

0 comentários:

Postar um comentário