segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Prefeito José Ronaldo critica Rui Costa e desafia: "Digam uma obra que ele tenha feito em Feira"



Durante um encontro com profissionais de imprensa na manhã deste sábado (23), o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho (Dem), fez duras críticas ao governo Rui Costa (PT), antecipando o tom da disputa eleitoral do ano que vem. As declarações indicam que o prefeito está disposto a permanecer na oposição na corrida para o Senado.
Saúde
Uma das críticas mais incisivas foi em relação aos investimentos na saúde em Feira de Santana. Ronaldo criticou a decisão do governo em não mais construir um novo hospital geral na cidade e sim fazer um prédio anexo ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).
Já em relação à nova maternidade do Hospital Estadual da Criança (HEC), inaugurada na última terça-feira (19), o prefeito disse ter conferido no Diário Oficial que os investimentos não foram de R$ 1,5 milhões, como o governo teria dito, e sim de R$ 650 mil. “Peguem a publicação no Diário Oficial do Estado. O hospital já existia, mas não estou retirando a importância da maternidade”, declarou José Ronaldo.
Quanto à policlínica regional que está sendo construída em Feira, o gestor declarou que a maior parte dos investimentos é das prefeituras que participarão do consórcio que vai gerir a unidade de saúde. “É uma iniciativa dele [de Rui Costa], mas 60% dos custos das policlínicas serão pagos pelos municípios. O pagamento da manutenção também. Feira de Santana só terá 40% do atendimento na policlínica”.
Lagoa Grande
A demora para conclusão da obra de requalificação da Lagoa Grande também foi alvo de crítica do prefeito. “Tem aproximadamente sete a oito anos que começaram a obra nessa lagoa”, reclamou Ronaldo, acrescentando que a água da lagoa ainda está contaminada.
Nóide Cerqueira
Desafiando os profissionais de imprensa a apontar uma obra iniciada e concluída em Feira na gestão de Rui Costa, o prefeito ouviu a citação do viaduto que liga a Avenida Nóide Cerqueira à BR 324. Ronaldo lembrou que a ordem de licitação para construir o equipamento aconteceu no governo Wagner, em 2014. “A iniciativa não foi dele [de Rui Costa], foi do governo anterior”.
Centro de Convenções
Quanto ao Centro de Convenções, que tem obras paralisadas há cerca de dez anos, José Ronaldo disse não acreditar que este governo Rui Costa vai inaugurar o equipamento. O democrata disse que a promessa do Centro de Convenções de Itabuna só saiu depois que o prefeito de lá, Fernando Gomes, aderiu ao grupo governista. “Eu precisava ser cooptado para que eles fizessem em Feira? Eles não vão fazer. Não é uma ação prioritário do governo”, finalizou o democrata.
Fonte: De Olho na Cidade, com imagem reprodução.

tags

0 comentários:

Postar um comentário