segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Presidente e vice do Vitória prometem abrir mão de salário


Presidente e vice do Vitória prometem abrir mão de salário

Frente à atual situação financeira do Vitória, o presidente do clube, Ricardo David, e o vice Francisco Salles prometeram abrir mão dos seus salários até o final do mandato, em dezembro de 2019.
A decisão foi anunciada na última reunião do ano do Conselho Deliberativo, em que o mandatário do Leão apresentou dados que apontam níveis críticos das finanças da agremiação para este ano e chegou a falar que "se fosse jogador de futebol, pensaria duas vezes antes de vir para o Vitória".
A renúncia da remuneração dos dirigentes deve gerar uma economia de cerca de R$ 1 milhão ao rubro-negro. Conforme o novo estatuto, o salário do presidente é de 65% do teto do funcionalismo público federal, o que equivale a aproximadamente R$ 22 mil, e o do vice-presidente, 55%, por volta de R$ 19 mil.
Metro 1

tags

0 comentários:

Postar um comentário