quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Schumacher já gastou R$ 110 milhões só com tratamentos médicos



Quatro anos após sofrer um grave acidente de esqui, o piloto Michael Schumacher já gastou pelo menos 28 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões) em tratamentos, segundo informações do jornal espanhol “AS”. Com estado de saúde mantido em segredo pela família, o alemão vive em estado vegetativo.
Durante a vitoriosa carreira, o heptacampeão mundial construiu um patrimônio avaliado em 840 milhões de euros (cerca de R$ 3,3 bilhões).
Ainda segundo a publicação, a família do alemão tem gastos regulares que giram em torno de 140 mil euros por mês (o equivalente a R$ 550,2 mil), com toda a equipe de médicos, enfermeiros e cuidadores, além do material para que o tratamento seja feito em casa.
Quinto atleta da história que mais ganhou dinheiro na carreira, atrás de Michael Jordan, Tiger Woods, Arnold Palmer e Jack Nicklaus, Schumacher sofreu ferimentos graves na cabeça em um acidente de esqui na França em 2013 e precisou passar por cirurgias. Com sequelas, ele vive em uma cama e, segundo as últimas informações obtidas, se comunicava com o piscar dos olhos.
Nesta quarta-feira (3), Schumi completa 49 anos. Nenhuma imagem dele foi divulgada desde o dia do acidente e a família é bastante reservada com o caso. Hoje, eles vivem em uma casa na Suíça.
Correio

tags

0 comentários:

Postar um comentário