sábado, janeiro 13, 2024

Babalorixá é morto a tiros dentro de terreiro no Arenoso, em Salvador

Um babalorixá de 32 anos foi morto a tiros dentro do terreiro que liderava, no bairro do Arenoso, em Salvador. Familiares e amigos dizem que a vítima teria sido baleada durante uma ação da Polícia Militar, que apresenta outra versão. O caso é apurado pela Polícia Civil (PC).

A situação aconteceu na quinta-feira (11). Familiares dizem que policiais invadiram o terreiro Omideloya atirando e teriam agido com truculência. Nesse momento, Cosme Leonardo de Souza teria sido atingido.

O babalorixá chegou a ser socorrido para o Hospital Geral Roberto Santos, mas não resistiu. O corpo dele foi velado e enterrado nesta sexta-feira (12) no Cemitério Campo Santo, na Federação.

Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que os agentes teriam sido acionados depois que o babalorixá foi atingido e que teriam prestado socorro à vítima.

Os militares dizem ainda que as pessoas que estavam no terreiro teriam afirmado que viram homens em um matagal próximo ao templo religioso atirando sem direção.

No posicionamento, a PM diz que os militares fizeram buscas no local e encontraram uma metralhadora artesanal e um saco com drogas. No entanto, não citam troca de tiros.

Já a PC informou que os militares envolvidos na ação teriam confrontado com tiros os criminosos, que acabaram fugindo pela mata. O caso é apurado pela 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). 

Portal Ibahia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Polícias Civil e Militar realizam operação em Cruz das Almas

Uma operação planejada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, foi deflagrada para cumprir mandados judiciais no bairr...