domingo, janeiro 14, 2024

CAIU NO AÇO! Matador de aluguel procurado pela Interpol vivia no Brasil como marceneiro

Um homem foi executado a tiros na frente da esposa e do filho, no dia 5 de janeiro, no bairro Embaré, em Santos, litoral de São Paulo. Darko Geisler se apresentava como esloveno, mas na verdade era um suposto matador de aluguel sérvio procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).

Em Santos, ele atuava como marceneiro e, segundo vizinhos, era um homem reservado, tinha um comportamento tranquilo e não levantava suspeitas.

Após ser baleado, Darko foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas, durante o trajeto para a Santa Casa de Santos, sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Agora o caso é investigado para descobrir quem foi o autor o assassinato. Câmeras de monitoramento registraram o momento em que Darko estava de bicicleta na companhia da esposa e do filho. De repente, um homem se aproximou e efetuou os disparos.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo relatou que a 3ª Delegacia de Homicídios da DEIC de Santos é a responsável por investigar o caso, assim como descobrir e prender o autor do crime.
Ib

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cachoeira: Acusado de matar jovem universitária quilombola vai a júri popular dia 24 de julho

Acusado pelo feminicídio da jovem quilombola Elitânia de Souza no Recôncavo baiano, Alexandre Passos Silva Góes vai a julgamento...