domingo, janeiro 21, 2024

Como um homem deve tratar uma mulher”, dizia pastor preso por estuprar fiéis

Estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude. Por causa desses crimes, um pastor teve como destino, nesta sexta-feira (19), a prisão. Policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher de São Gonçalo (DEAM), na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, realizaram a detenção do indivíduo.
Até o momento, ao menos três mulheres foram abusadas pelos religiosos. Os crimes aconteceram de 2010 a 2021, na cidade de Belford Roxo, situada na Baixada Fluminense. Identificado como Angelo Ventura Siqueira, o homem era pastor da igreja Ministério Terra do Deus Vivo, situada na Estrada Doutor Plínio Casado.
Os alvos do meliante eram mulheres acolhidas pela instituição. Para atrair as vítimas, o pastor usava o fato delas terem famílias desestruturadas, sem a figura paterna principalmente. Durante as conversas com elas, ele convencia de que era melhor sair de casa e se mudar para um anexo da casa dele.

A Polícia Civil carioca informou, segundo divulgado pela CNN Brasil, que ele dizia ter “carinho de um pai”. Já os abusos eram justificados como ensinamentos de um pai e afirmava que aqueles atos serviriam para orientar as vítimas com seus futuros maridos. “Eu vou te ensinar como um homem deve tratar uma mulher e depois disso você não vai admitir que nenhum homem te trate menos que isso”, citava ele.

Insegurança

Ainda conforme a publicação, uma das vítimas pontuou que permitia as carícias e atos sexuais pois tinha receio de rebater, já que Angelo relatava que, como autoridade espiritual, não poderia ser questionado. A própria víitma foi agredida por lee por não querer mais ter relações sexuais com ele. Os atos aconteciam, sobretudo, em um gabinete pastoral.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mulher de policial federal leva tiro na cabeça São Cristóvão

Uma mulher foi baleada na região da cabeça, na manhã desta quarta-feira (17), no bairro de São Cristóvão, em Salvador. Informaçõ...