domingo, janeiro 21, 2024

Estudante dirige mais de 300 km após se enganar ao receber tiro na cabeça; entenda

Após levar um tiro na cabeça na virada do ano, o estudante mineiro Mateus Facio acreditou que o objeto na realidade se tratava de uma pedra. O caso ocorreu em uma praia de Cabo Frio. Durante alguns dias posteriores, ele seguiu os dias de descanso, mas antes viajou mais de 300 km dirigindo o carro até a cidade de Juiz de Fora, onde mora.
Depois de enfrentar sete horas de viagem, somente no quinto dia, ele se sentiu mal e procurou um hospital municipal. Com exames feitos, a vítima descobriu que tinha um disparo de projétil calibre 9 milímetros alojado na cabeça, pressionando o cérebro dele.
Imaginei que fosse uma pedrada, algo do tipo. Ouvi um barulho tipo de explosão, só que dentro da minha cabeça. Então eu olho pra frente e tá todo mundo sem entender nada e eu ‘ai ai ai’”, contou, em entrevista ao portal g1.

Devido a uma operação, ele ficou dois dias no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) da unidade e mais um dia no quarto. Com a situação que chamou a própria atenção dele, o jovem trancou o curso de administração para matricular-se em medicina. Agora, o projétil retirado será encaminhado para a Polícia Civil de Cabo Frio, que ficará responsável pela investigação.
G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Família de subtenente atropelado em blitz implora por regulação; estado de saúde é gravíssimo

O subtenente da Polícia Militar (PM-BA), Antônio Paim, está internado em estado grave no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). N...