sexta-feira, fevereiro 02, 2024

Feminicida é preso após esganar a companheira até a morte

O homem acusado de matar sua companheira Luana Pereira da Silva, 37 anos, na quarta-feira (31), teve o mandado de prisão cumprido nesta sexta-feira (2), por policiais civis da Delegacia Territorial (DT) de Ribeirão do Largo. O homem já acumulava passagens na polícia por crimes de violência doméstica.
“Conforme o feminicida detalhou em seu depoimento na delegacia, ele esganou a esposa, que conviva há quatro anos, jogando-a contra o chão já sem vida, e após mudar e limpar o local de crime, pediu socorro ao hospital municipal”, explicou o coordenador da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga), delegado Ney Brito.

O homem foi encaminhado para o Complexo Policial de Itapentinga, onde passou por exames de lesão corporal, e posteriormente seguirá para o Conjunto Penal de Vitória da Conquista, onde ficará custodiado à disposição do Poder Judiciário.
IB 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cachoeira: Acusado de matar jovem universitária quilombola vai a júri popular dia 24 de julho

Acusado pelo feminicídio da jovem quilombola Elitânia de Souza no Recôncavo baiano, Alexandre Passos Silva Góes vai a julgamento...