segunda-feira, março 18, 2024

Dr. Gerson: Um homem que sonhava e realizava


Acredito nos homens que sonham alto. O médico e político GERSON DE DEUS BARROS era um cidadão que se enquadrava nessa categoria.

Lembro-me quando Deputado sonhava com a instalação de uma fábrica de suco de laranja em Sapeaçu-BA, cidade onde nasceu e foi prefeito em duas ocasiões. Para atingir seu objetivo, viabilizou uma área em local propício, com disponibilidade de água, trouxe empresários do ramo e representantes da sede do Banco Mundial para uma visita.

Presente à reunião, como especialista em citricultura, endossei as reivindicações do Dr. Gerson na certeza que seria um divisor de água na economia regional.

Infelizmente, fatores alheios à sua vontade impediram a execução do projeto.

O sonho mais alto do Dr. Gerson foi colocar Sapeaçu na lista das cidades candidatas a receber a fábrica Fiat de automóveis. Seu projeto chegou a ser citado em revistas de grande circulação nacional.

Apesar de todas as facilidades que o sonhador Dr. Gerson enumerou (disponibilidade de mão de obra, universidade, estradas, infraestrutura, proximidade do pólo petroquímico, do porto marítimo, do Rio Paraguassu e de cidades históricas), era impossível concorrer com grandes pólos industriais, como o de Pernambuco.

Mas sonhar é característica dos grandes homens. Pensar em Dr. Gerson de Deus Barros me remete a frase de Fernando Pessoa:
“Tenho em mim todos os sonhos do mundo.” Ele tinha, por isso construiu hospitais e clínicas, salvou vidas, atendia com atenção pobres e ricos. Há algo mais engrandecedor que salvar vidas?

Hoje, a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia decreta três dias de luto pela passagem do Dr. Gerson, que foi deputado estadual em duas legislaturas. Falar da sua atuação encheria páginas.

A mim, como admirador e amigo, cabe dizer que nunca negou uma solicitação, fosse técnica, científica ou médica. Mais de uma vez o fiz deslocar-se à noite de Sapeaçu para atender um enfermo, gente simples:
Gerson! Conhece Galdino?
Sim! O mestre de obras!
Não está bem, você pode vir dar uma olhada?
Dê-me vinte minutos!
E em poucos instantes ele chegava a Cruz das Almas para ver o meu amigo Galdino.

Hoje ficamos pobres de ideias, partiu um sonhador. E estou triste porque o mundo carece deste tipo de homem. São esses que fazem a humanidade viver tempos melhores e a vida moderna.

Cristóvão Colombo, Henry Ford, Louis Pasteur, Adolf Lutz, Martin Luther King foram sonhadores de outros tempos que realizaram, viveram em terras férteis para as suas realizações. Dr. Gerson, mesmo tendo uma origem humilde, vivendo a dificuldade do interior baiano, alimentou seus sonhos, arregaçou as mangas e foi longe. Tornou-se médico, prefeito, deputado e construiu um vasto currículo. Em terras mais férteis teria ultrapassado muitas outras fronteiras.

É grande o meu pesar! Meu abraço aos familiares.
Por Ygor da Silva Coelho
Fonte :Jornal 075 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Polícia registra 3 assassinatos nesta quinta-feira (20) em Feira de Santana

Três assassinatos foram registrados nesta quinta-feira (20) em Feira de Santana, elevando para 19 o número de homicídios no mês ...