terça-feira, março 05, 2024

Guarda municipal é morta em assalto e suspeito diz: "Reagiu, eu mato mesmo"

Uma guarda civil municipal foi morta durante um latrocínio - roubo seguido de morte - na noite de domingo (3) em São Paulo. A vítima foi identificada como Valcleide de Queiroz, de 56 anos, e trabalhava na cidade de Praia Grande, no litoral sul paulista.

Segundo relatos de um amigo de Valcleide, que viu ao assalto pelo espelho retrovisor e voltou para socorrê-la, o suspeito teria dito após cometer o crime: "Não deu a moto, reagiu, eu mato mesmo". 
Bnews
Bnews
Busca

Polícia
Guarda municipal é morta em assalto e suspeito diz: "Reagiu, eu mato mesmo"
Reprodução/Redes Sociais
Valcleide de Queiroz, de 56 anos, era guarda municipal em outra cidade e teria reagido a assalto | Bnews - Divulgação Reprodução/Redes Sociais
Publicado em 05/03/2024, às 06h39 Cadastrado por Daniel Brito

COMPARTILHE:

FacebookTwitterWhatsApp
Uma guarda civil municipal foi morta durante um latrocínio - roubo seguido de morte - na noite de domingo (3) em São Paulo. A vítima foi identificada como Valcleide de Queiroz, de 56 anos, e trabalhava na cidade de Praia Grande, no litoral sul paulista.

Segundo relatos de um amigo de Valcleide, que viu ao assalto pelo espelho retrovisor e voltou para socorrê-la, o suspeito teria dito após cometer o crime: "Não deu a moto, reagiu, eu mato mesmo". 

Reprodução/Redes sociais
ERAM AMIGOS
Rafinha Bastos quebra o silêncio sobre morte de PC Siqueira: 'Deu o fim que deu'

Divulgação | Hansen Imóveis
CRISE NA 'HIGH SOCIETY'!
EXCLUSIVO! Moradores denunciam irregularidades em administração de famoso condomínio de luxo na RMS

De acordo com a polícia, ao perceber que a vítima estava armada, o criminoso atirou na cabeça da vítima, que chegou a ser socorrida, mas morreu ao dar entrada no hospital. A moto e o capacete de Valcleide ficaram caídos no chão, mas a arma, uma pistola .40, foi levada.
A investigação premilinar aponta que os bandidos saíram de uma comunidade da zona sul da capital paulista. Policiais civis tentam identificar os criminosos por imagens de câmeras instaladas na região.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VULGO JHONES CALABRESA: bandido do BDM morre durante confronto com a PM em Plataforma

O criminoso era conhecido como “Jhones Calabresa” e fazia parte da facção Bonde do Maluco (BDM) no bairro de Plataforma. Ele che...