domingo, março 10, 2024

Mulher encontrada morta dentro de geladeira recebeu mais de 20 facadas, aponta laudo do IML

O laudo do Instituto Médico Legal (IML), publicado nesta quarta-feira (6), indicou que a mulher encontrada morta dentro de uma geladeira em Maceió (AL) recebeu mais de 20 facadas do genro. A necrópsia no corpo de Flávia dos Santos Carneiro, de 43 anos, confirmou que ela tentou se defender do suspeito.

Segundo o exame, o corpo de Flávia tinha ferimentos nos dedos da mão e arranhões no braço, o que demonstra, que ela tentou segurar a lâmina da faca para se defender.
São características de tentativa de defesa da vítima”, explicou o perito médico legista, Luiz Mansur.
De acordo com a Polícia Civil, a mulher foi assassinada, pois não aceitava o relacionamento da filha, de 13 anos, com um homem de 22 anos. O casal planejava morar junto e estava montando uma casa. O crime ocorreu na sexta-feira (1º) após uma briga entre os três por causa da mudança.

A filha da vítima foi apreendida na terça-feira (5) por participação o crime. Durante depoimento, ela disse que segurou a mãe pelos braços para que o namorado a esfaqueasse.

Ainda segundo informações do depoimento, a jovem disse que depois do crime o casal limpou a cena e depois foi dormir na casa que eles estavam pretendendo morar. Neste período, o corpo de Flávia foi mantido na geladeira por quatro dias no imóvel em que ela foi assassinada.
O namorado da jovem confessou o assassinato e foi preso. O pai dele também foi detido por participar da ocultação do cadáver.

O delegado responsável pelo caso, Thiago Prado, informou que a justiça manteve a prisão do suspeito e do pai dele em audiência de custódia ocorrida nesta quarta-feira (6).
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atropelamento em Sapeaçu deixa jovem morto na noite desta terça feira (16)

Nossa reportagem recebeu a informação de um jovem de prenome Tata , morador do Bairro do Batucar na cidade de Sspeaçu, veio a ób...