sexta-feira, março 22, 2024

Soldado do Exército é detido após ocorrências de assassinatos em série de mulheres

O militar do Exército, Makson Oliveira da Costa, foi preso, nesta quarta-feira (20), pela Polícia Civil do Amazonas. A priori, ele é acusado de matar duas garotas de programa na cidade de Manaus, capital do estado. As vítimas, Angélica Oliveira Nascimento e Fabiane Mendes da Silva, tinham 31 e 20 anos de idade, respectivamente. 
Todas elas foram mortas por asfixia no decorrer de encontros sexuais com o suspeito. Segundo o delegado Ricardo Cunha, responsável pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, o suspeito utilizava o pseudônimo “Mateus” em redes sociais.
A ideia dele era entrar em contato com jovens mulheres. Além disso, o indivíduo não usava o seu próprio automóvel nos encontros. O caso é considerado feminicídio não íntimo, conforme relatado pela delegada e coordenadora do Núcleo de Combate ao Feminicídio, Marília Campello.

“Observamos um padrão de discriminação de gênero nestes crimes. Independentemente de suas profissões, essas mulheres são vítimas de feminicídio, assim como qualquer outra mulher em circunstâncias similares. O acusado será indiciado pelas mortes brutais e pela vulnerabilidade das vítimas”, considerou Campello.

O suspeito foi identificado depois de uma série de investigações iniciadas posteriormente aos homicídios. De forma inicial, Makson rejeitou qualquer envolvimento nos crimes, porém confessou após a apresentação de evidências conclusivas pela equipe de investigação.

F. Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SAPEAÇU: Município vai ter a segunda mulher candidata a Prefeita da história

O município de Sapeaçu vai ter mais um mulher candidata nas eleições municipais de 2024, figurando na chapa majoritária. A prim...