quarta-feira, abril 24, 2024

Empresário que matou homem por ter defendido a irmã autista, em Salinas da Margarida é levado a Júri Popular; entenda o caso

Moradores do município de Salinas das Margaridas, a cerca 73km de Salvador, estão fazendo um protesto na manhã desta quarta-feira (24), em frente ao Tribunal de Justiça da cidade de Nazaré das Farinhas, para pedir justiça pela morte de Josias Almeida de Jesus.

Segundo informações de familiares, no dia 29 de janeiro de 2023, Josias Almeida teria defendido a irmã que é autista, após ela ser agredida por um empresário da cidade por estar catando latinhas na praia.

Leonardo Arouca, que é o suspeito das agressões, não gostou da atitude de Josias em tentar defender a irmã e atirou duas vezes contra ele. O acusado fugiu do local sem prestar socorro.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra Leonardo Arouca e nesta quarta (24), ele passa por Júri Popular no Tribunal de Justiça de Nazaré das Farinhas. Josias Almeida, deixou duas filhas gêmeas de 6 anos.
Alô Juca 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Policiais militares e suspeitos morrem em acidente durante perseguição

Quatro pessoas morreram em função de uma perseguição policial, no Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro, na madrugada d...