sexta-feira, abril 19, 2024

Polícia conclui que incêndio que matou mãe e filho em Paulo Afonso foi criminoso e prende suspeito

O incêndio que matou mãe e filho em março deste ano na cidade de Paulo Afonso, no norte da Bahia, foi considerado criminoso após investigações da Polícia Civil da cidade. O principal suspeito de cometer o crime foi preso na quarta-feira (17).
No momento da tragédia, três pessoas estavam na casa: Sônia Maria da Conceição, de 46 anos, o filho Igor Rafael da Conceição Lima, de 22, e outro filho de 19 anos, que não teve o nome divulgado.
Quando as chamas se espalharam e tomaram o imóvel, o jovem de 19 anos conseguiu sair pelo telhado, mas a mãe e o irmão morreram carbonizados. 

Informações iniciais da Polícia Civil de Paulo Afonso revelam que o suspeito tem um grau de parentesco, ainda não revelado, com o ex-marido da mulher que morreu no incêndio.

Nesse sentido, a motivação do crime estaria relacionada a posse da casa incendiada. Isso porque que, depois da separação, a vítima ficou com o imóvel onde morava com o marido.
O mandado de prisão contra o suspeito foi cumprido em Paulo Afonso, cidade onde ocorreu o crime. Ele está à disposição da Justiça nesta quinta-feira (18) e vai responder pelo crime de duplo homicídio qualificado.
F. Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CAIU NO RODO: vítima reage e mata bandido que estava assaltando em Piatã nesta terça (21)

O bandido estava em uma motocicleta praticando assaltos em Colina de Piatã na manhã desta terça-feira (21). De acordo com as pri...