sexta-feira, junho 07, 2024

Morre Pampa, campeão olímpico de vôlei, vítima de câncer, aos 59 anos

Pampa, campeão olímpico com a Seleção Brasileira de vôlei em 1992, morreu nesta sexta-feira (7/6), aos 59 anos. O ex-jogador lutava contra um linfoma, tipo de câncer no sistema linfático, e faleceu em decorrência de complicações causadas por uma reação à quimioterapia.
O ex-jogador, que estava internado na UTI da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, nasceu em Recife fez a sua estreia nos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul. Quatro anos depois, tornou-se campeão olímpico de Vôlei nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992.
Pampa iniciou sua trajetória profissional no vôlei aos 19 anos e, durante a Liga Mundial de 1995, realizou a cortada mais veloz já registrada no mundo até os dias de hoje, com 197 km/h. Ele foi considerado o melhor atacante do Campeonato Italiano em 1995. Em 1988, recebeu o prêmio de melhor atleta do Brasil entre todas as modalidades concorrentes, em honraria concedida pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).
Qual foi a doença que acometeu Pampa?
O linfoma de Hodgkin ou doença de Hodgkin é um tipo de câncer que se origina nos linfócitos, que são parte do sistema imunológico do organismo.
Como o tecido linfoide está presente em muitas partes do corpo, o linfoma de Hodgkin pode começar em quase qualquer lugar.
F. Metrópoles 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Motorista de van perde controle da direção e sobe a calçada em Cruz das Almas

Na tarde desta terça-feira, 11, o motorista de uma van de transporte alternativo perdeu o controle da direção e subiu a calçada,...