terça-feira, junho 04, 2024

Quem era o jovem morto após fazer peeling de fenol em clínica de influencer

O jovem Henrique Silva Chagas, de 27 anos, morto após realizar um peeling de fenol no Studio Natalia Becker, na Zona Sul de São Paulo, era empresário e morava em Pirassununga (SP). Ele morreu na segunda-feira (3), após realizar o procedimento estético na clínica pertencente a uma influenciadora digital.

O empresário era filho único e dono de um pet-shop há cerca de quatro anos. Além de proprietário, era ele quem realizava o banho e tosa dos animais.

Na visão da madrinha dele, Ana Cláudia, ele era "uma pessoa incrível". "Era amoroso, dedicado no que fazia, tinha amor aos animais", declarou.

A morte do rapaz é investigada pela Polícia Civil como homicídio e a esteticista e influenciadora Natalia Becker é procurada.

Uma das suspeitas da polícia é a de que Henrique possa ter tido algum tipo de reação alérgica ao tratamento e morrido por "choque anafilático" pelo uso de alguma substância química. Nenhum exame médico anterior foi feito para saber se o empresário era alérgico a algum medicamento.

O procedimento realizado por Henrique é um tratamento com fenol com produto ácido no rosto. A substância provoca uma reação inflamatória na pele e essa inflamação causa descamação da superfície do tecido. O objetivo é reduzir manchas, rugas e cicatrizes, devolvendo a elasticidade na face.

A causa da morte do rapaz ainda é investigada e a Polícia Técnico-Científica realizou exames necroscópico e toxicológico no corpo do empresário para saber qual foi a causa da morte e quais substâncias ele ingeriu, já que ele chegou a tomar um remédio contra dor e recebeu aplicação de anestésico tópico no rosto.
F. Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmão de taxista morto após briga por vaga detalha ocorrido: "Tirou a vida de um pai de família"

Os cidadãos que passavam pelas proximidades do Itaigara, em Salvador, presenciaram uma verdadeira cena de terror, após presencia...