quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Ocupação da polícia continua em cinco bairros de Salvador



Oito grupamentos especiais das polícias civil e militar da Bahia continuam ocupando, desde a madrugada desta terça-feira (29), as regiões dos bairros do IAPI, Pero Vaz, Santa Mônica, Liberdade e Calçada. A ação policial acontece em função de dois ônibus que foram queimados na noite de segunda-feira (28) na Calçada e IAPI após a morte de dois homens nessas localidades - um deles morreu em confronto com a Rondesp. 
A Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que o policiamento nos bairros foram reforçados e que o comércio continua funcionamento normalmente. Em nota, o órgão informou ainda que equipes do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc) investigam os ataques aos coletivos. “Os casos podem ter ligação com a morte de um traficante na Liberdade em confronto com forças de segurança, ocorrida ontem. Informações sobre os autores podem ser enviadas através do Disque Denúncia da SSP (3235-0000)”, destacou a SSP.
Relacionado Após ataques em ônibus, polícia ocupa cinco bairros de Salvador
Relacionado Ônibus é incendiado no bairro do IAPI
Ataques
Um ônibus da empresa Consórcio Salvador Norte, da Integra, foi queimado na Rua Conde de Porto, no IAPI, na noite desta segunda-feira (28). De acordo com a policia, o atentado teria acontecido em represália ao homicídio de João Carlos dos Santos Cardoso, 30 anos, morto a tiros pela manhã no IAPI. A polícia informou que a relação entre a morte e a queima do ônibus é investigada. Não há informações sobre a circunstância da morte de João Carlos. O crime foi na Rua Waldir Pires, às 11h55.
Por conta do incêndio em represália à morte de João Carlos, parte da Rua Conde de Porto Alegre, no IAPI, ficou sem energia. Segundo a Coelba, a rede elétrica foi queimada e um transformador de energia ficou totalmente destruído. A assessoria de comunicação da empresa informou que o fornecimento de energia foi normalizado de forma gradativa ontem ao longo do dia e foi restabelecido completamente por volta das 23h. 
Também houve a interrupção temporária do serviço de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A interrupção da linha do serviço aconteceu depois que cabos telefônicos da central de atendimento, que fica no bairro do Pau Miúdo, foram queimados. O problema foi resolvido e o serviço voltou a atender por meio do número 192 ainda na terça (29).
Correios 24 hs 

tags

0 comentários:

Postar um comentário