quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Geddel Vieira Lima é ameaçado por outros detentos; Justiça nega transferência



A Justiça do Distrito Federal nega o pedido da defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima de transferência para prisão domiciliar. Os advogados alegam que o político do PMDB é ameaçado por outros detentos na Penitenciária da Papuda, onde cumpre prisão preventiva. O ex-ministro foi preso na última sexta-feira (8). 
Geddel passou mal e precisou ser levado para a ala médica do Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, na segunda-feira (11). Geddel estava com a pressão arterial alta, mas permaneceu algemado a outro detento, segundo informações do site Informe Baiano segundo informação é da BandNews FM.
Geddel tem sido visto chorando desde que chegou ao presídio e teve que ficar completamente nu diante da equipe de agentes para a revista. Geddel foi preso pela Polícia Federal em um condomínio de luxo em Salvador, após a PF encontrar R$ 51 milhões em caixas e malas em um apartamento que foi emprestado para o seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima. Nas notas encontradas no "bunker" tinham as digitais do ex-ministro.
Geddel cumpria prisão domiciliar, mas teve a preventiva decretada pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, em uma nova fase da Operação Cui Bono.

tags

0 comentários:

Postar um comentário