segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Cinco são presos suspeitos de integrar quadrilha que explodiu caixas eletrônicos no Cabula



Cinco pessoas foram presas suspeitas de integrar a quadrilha responsável pela explosão de caixas eletrônicos em um shopping, no bairro do Cabula, em Salvador, no dia 6 de outubro. Dentre os presos, está Rafael Almeida de Jesus, de 28 anos, conhecido como "Rafinha", o "Oito de Paus" do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e que exerce papel de liderança em uma facção criminosa.
Além dele, foram presos Bruno Ferreira de Souza, 23 anos, Israel de Jesus Avelino Júnior, 35, Laiane Santos Pereira, 18, Bárbara Laís Santos Pereira Alves, 24, e Rafael Almeida de Jesus, 25. As prisões ocorreram em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador.
Com o grupo, foram encontrados armamentos avaliados em meio milhão de reais e drogas. "Conseguimos apreender dois fuzis AK 47 calibre 7.62, uma metralhadora calibre 9 milímetros, uma submetralhadora MT 12, espingarda calibre 28 e uma pistola calibre 9 mm, todos esses armamentos de uso exclusivo das Forças Armadas e avaliados em aproximadamente meio milhão de reais. Além disso, conseguimos apreender nove quilos de maconha prensada", declarou o comandante do Policiamento Especializado (CPE), coronel Humberto Sturado.
De acordo como o diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Tráfico de Drogas (Draco), delegado Marcelo Sansão, no momento da prisão, a quadrilha se preparava para assaltar uma agência bancária. "Eles estavam a bordo de um veículo modelo HB20, se preparando para cometer mais uma explosão a banco quando foram surpreendidos pela polícia. Nossos policiais montaram uma campana, numa localidade conhecida como Malícia, em Abrantes, aguardando a movimentação da quadrilha para recebimento de armas. Eles tentaram fugir e se esconderam no condomínio Canto de Arembepe, onde foram presos", relatou.
Ainda segundo o delegado, na ação, dois integrantes do grupo foram mortos em confronto com a polícia. "Esses dois indivíduos resistiram a abordagem da polícia e acabaram sendo atingidos", declarou. Samir Lavinne Alves dos Santos, 32, e Álamo Machado Arapiraca, 27, foram socorridos para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, mas não resistiram aos ferimentos.
Conforme o titular, as ações continuam com foco nos outros integrantes da quadrilha. "Vamos aprofundar para sabermos se eles praticaram outros roubos a instituições financeiras", completou.
MR

tags

0 comentários:

Postar um comentário