quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Dupla armada ameaça matar motorista e faz arrastão dentro de ônibus de Simões Filho



O aumento no número de assaltos aos ônibus de Simões Filho está preocupando rodoviários e passageiros que circulam diariamente para ir e voltar da capital baiana. Os assaltos a coletivos tem deixado os usuários com medo. A violência alem de gerar prejuízos, causa traumas psicológicos.
O último caso de assalto aconteceu na noite da última terça-feira (24/10). Dois bandidos fizeram um arrastão dentro de um ônibus da empresa Expresso Metropolitano. O crime aconteceu por volta 19h45, quando o coletivo, que faz a Linha Simões Filho x Estação Pirajá, passava pelo Bairro Águas Claras, na BR-324.
De acordo com os passageiros, dois rapazes subiram no coletivo pagando passagem no ponto da Brasilgás. Ao chegar na altura do bairro Águas Claras, a dupla anunciou o assalto. “Eles subtraíram aparelhos celulares de modelo Smartphone de vários passageiros. Um dos assaltante trajava camisa do Bahia, bermuda preta, sandália branca e portava uma pistola preta de cabo branco. Já o outro estava de camisa cinza, boné preto e bermuda vermelha”, detalhou um dos passageiros, pedindo para ter sua identidade preservada, por medo de represália, já que utiliza o mesmo coletivo diariamente para retornar para Simões Filho.
Imagem ilustrativa
Passageiros disseram que os criminosos mandaram o motorista diminuir a velocidade, ameaçando atirar na cabeça. “O que portava arma de fogo ameaçou muitas vezes atirar na cabeça e matar o motorista caso ele não diminuísse a velocidade usando sempre o termo – tá viajando é?”, contou.
Após o roubo, os bandidos fugiram, levando dinheiro e pertences dos passageiros. “Eles mandaram o motorista parar o veículo e desceram como se nada tivesse acontecido”, relata o passageiro. Segundo ele, é mais uma experiência inesquecível, já que não é primeira vez que presencia uma assalto em coletivo. Até o momento, nenhum suspeito foi localizado.
Simões Filho Online

tags

0 comentários:

Postar um comentário