terça-feira, 28 de novembro de 2017

Decidida a rescindir após expulsão, Ponte Preta libera Rodrigo de treinos


Zagueiro Rodrigo não veste mais a camisa da Ponte  (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)

Ponte Preta se manifestou oficialmente pela primeira vez sobre o futuro de Rodrigo. Já preparando o terreno para oficializar a saída em breve, o clube anunciou na tarde desta terça-feira que o zagueiro foi liberado dos treinos desta semana.
Paralelo a isso, diretoria e empresário definem a situação contratual. As partes discutem a rescisão. O atleta ainda não se pronunciou sobre os últimos episódios - nem via assessoria de imprensa, nem pelas redes sociais.
- A Ponte informa que o zagueiro Rodrigo foi liberado dos treinos desta semana - o time se reapresenta na quarta. A diretoria e o empresário do jogador estão definindo a situação do atleta - comunicou a assessoria de imprensa da Alvinegra campineira.
Rodrigo tem vínculo com a Ponte até dezembro de 2018, mas está fora dos planos após a expulsão no último domingo, quando, aos 19 minutos do primeiro tempo, recebeu cartão vermelho direto por "dedadas" em Tréllez.
Na oportunidade, a Macaca vencia por 2 a 0 e contolava o jogo. Com um a menos, o time sofreu a virada após o intervalo e acabou rebaixado para a Série B de 2018.
A atitude de Rodrigo causou uma revolta interna geral. Em campo, Luan Peres foi tirar satisfação com o companheiro de zaga, que, por questões de segurança, foi aconselhado a deixar o estádio antes do intervalo para evitar uma confusão generalizada no vestiário.
Após a partida, o próprio Vanderlei Pereira condenou a postura do zagueiro e classificou a expulsão como "infantil". Sem clima para continuar, o veterano de 37 anos sequer se reapresenta ao clube nesta quarta, quando o elenco volta aos trabalhos com a possibilidade de outras novidades.

A expectativa é que jogadores que fatalmente não vão permanecer no Majestoso em 2018, como Lucca, Marllon, Fernando Bob, Renato Cajá e Emerson Sheik, já sejam liberados do último jogo do Brasileirão, domingo, às 17h, contra o Vasco, em São Januário.
GE

tags

0 comentários:

Postar um comentário