quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Marinha da Argentina confirma explosão em região de desaparecimento do submarino


Marinha da Argentina confirma explosão em região de desaparecimento do submarino

A Marinha argentina afirmou nesta quinta-feira (23) que foi detectado um "evento consistente com uma explosão" registrado algumas horas depois do último contato do ARA San Juan, próximo à sua última localização conhecida, no último dia 15. A informação foi transmitida aos parentes dos 44 tripulantes a bordo da embarcação pouco antes de ser comunicada à imprensa. De acordo com o jornal argentino Clarín, a emoção de quem aguardava notícias sobre as pessoas que estavam no submarino.
"Recebemos uma informação do embaixador da Áustria sobre um evento anômalo, singular, curto, violento e não nuclear consistente com uma explosão", disse o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi. “O evento coincide com a informação recebida pelos Estados Unidos (...) de que foi detectada uma anomalia hidroacústica", afirmou a Marinha, em comunicado.
"Diferentes fontes, hidrofones (microfones subaquáticos) situados em partes distintas do mar, coincidem. De acordo com esse relatório, houve uma explosão", afirmou o porta-voz da Marinha, o capitão Enrique Balbi, que preferiu não estabelecer hipóteses sobre a causa da explosão, afirmando que são necessárias provas precisas para alguma conclusão ser estabelecida.

Foto: AP Photo

tags

0 comentários:

Postar um comentário