sábado, 4 de novembro de 2017

Pai é agredido e impedido de acompanhar esposa em trabalho de parto


Pai é agredido e impedido de acompanhar esposa em trabalho de parto

Um homem foi impedido de acompanhar a esposa que estava em trabalho de parto no Pronto Socorro Municipal (PSM) de Santarém, no oeste do Pará, na manhã deste sábado (4). Além do impedimento, o pai da criança foi agredido com socos. Por causa da confusão, a Polícia Militar foi acionada.
Testemunhas contaram ao portal G1 que a mulher passou pela porta que dá acesso ao setor obstétrico do hospital e, quando o acompanhante tentou levar roupas para a mulher e o bebê, foi impedido por servidores. 
A mulher tem esse direito a acompanhante garantido pela Lei Nº 11.108/2005. Por causa do desrespeito, o homem viu como possibilidade de defesa registrar a situação em vídeo. Enquanto filmava, um porteiro da unidade de saúde o agrediu com socos. O homem teve o nariz quebrado. 
O pai do bebê foi encaminhado à 16ª Seccional de Polícia Civil para registrar o caso.
G1

tags

0 comentários:

Postar um comentário