quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Simões Filho: Vendedor ambulante morre atingido por bala perdida durante assalto as Casas Bahia



Um tiroteio terminou com uma pessoa morta e outra ferida no Centro de Simões Filho.
Duas pessoas inocentes acabaram sendo baleadas, por assaltantes, durante uma tentativa frustada de assalto a loja da Casas Bahia no centro de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador (RMS), no início da noite desta quarta-feira (08/11).
                
De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da 22ª CIPM/Simões Filho, um grupo formado por dois homens e uma mulher invadiu a loja localizada na Avenida Rui Barbosa, por volta das 18h00. Após denúncias de populares, um pelotão de moto, com dois policiais da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (22ª CIPM/Simões Filho), chegou no local exatamente no momento que os bandidos estavam saindo da loja, e ao avistar a polícia, os indivíduos efetuaram vários disparos contra os agentes.
                   
A PM informou que devido à grande quantidade de pessoas presentes na calçada não revidou a ação e chamou reforços das guarnições da Pelotão de Emprego Tático Operacional – PETO e Ronsdesp.
Ainda segundo informações policiais, após o conflito, um suspeito foi preso em fragrante sem ferimentos, mas na fuga, os bandidos fizeram diversos disparos para trás, onde acabou acertando um vendedor de uvas, identificado apenas pelo prenome Emerson, 23 anos, que veio a óbito. A segunda vítima, que também não estava envolvida na ação criminosa, identificada apenas como “Beto”, foi atingido nas costas, sendo socorrido para o Hospital Municipal, mas seu estado de saúde não foi divulgado. Os outros bandidos que também participavam do ato criminoso conseguiram fugir.
Emerson, 23 anos, chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos
Emerson vendia uvas em frente à loja de eletrodomésticos, e foi baleado por volta das 18h, horário de intensa movimentação de pessoas no local. Populares informaram que jovem teria acabado de sair para comprar um lanche, quando foi atingido por bala perdida. A informação é que dois disparos acertaram o trabalhador.
Testemunhas afirmaram que os criminosos entraram no local armados, anunciaram o assalto e ameaçaram os funcionários. Eles encheram duas sacolas com aparelhos celulares, câmeras fotográficas e tablets, mas na saída, quando o grupo se se preparava para deixar o estabelecimento comercial, avistaram os policiais militares e efetuaram disparos.
Ainda segundo testemunhas, assustados os funcionários e clientes apenas se esconderam dentro do estabelecimento durante ação do bandidos, por segurança.
Uma das mochilas com os produtos roubados foi recuperada pelos policiais. Equipes da 22º Companhia Independente da Polícia Militar e da Rondesp realizaram buscas nas redondezas, mas até o momento os outros suspeitos não haviam sido presos.
Protesto
Por volta das 21h desta quarta-feira (08/11), um protesto foi  realizado em frente ao Cemitério São Miguel, na Avenida Elmo Serejo de Farias. Um grupo de manifestantes atearam fogo em pneus e objetos, o que resultou em um congestionamento de veículos na região. Informações dão conta de que o protesto tenha ligação, com a morte do vendedor ambulante atingido pelos disparos dos assaltantes. Emerson é morador do Bairro Ponto Parada.
Foto: Débora Souza/Simões Filho Online

tags

0 comentários:

Postar um comentário