domingo, 31 de dezembro de 2017

Evangélica executada dentro de casa no Curuzú por homens encapuzados



Ligiane Silva da Cruz, 33 anos, foi executada na madrugada deste sábado (30), no bairro do Curuzú, região da Liberdade. O crime aconteceu na casa da vítima, na rua Alvarenga Peixoto, por volta das 3h30. Ligiane, que era evangélica e trabalhava como operadora de caixa do supermercado Walmart, foi morta a tiros por dois homens encapuzados. Os bandidos utilizaram um alicate para destruir o cadeado e invadir a residência.
Ela morava com a filha, o irmão e o marido, que estava com a mãe em uma casa vizinha no momento do crime. Uma testemunha contou que os assassinos mandaram a vítima entregar a filha ao irmão, que morava com ela. Logo após a criança deixar o local, eles levaram Ligiane até um dos quartos, onde ocorreu os disparos. Antes, ela chegou a questionar: ‘Por que estou morrendo?”. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Informe Baiano

tags

0 comentários:

Postar um comentário