segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Prefeito exonera 87 funcionários entre comissionados e prestadores de serviço. Saiba o motivo



O prefeito Jonas de Souza, do município de Montadas, no agreste da Paraíba, exonerou 87 detentores de cargos comissionados, ocupantes de função gratificada e prestadores de serviços.
Foram mantidos pela portaria a secretária de Finanças, Kátia Ramalho de Souza, o secretário de Saúde, Erasmo de Souza - respectivamente, esposa e irmão do prefeito.
No início da gestão, o prefeito Jonas de Souza foi duramente criticado pela oposição por ter nomeado 14 parentes para secretarias e escalões inferiores. As contratações tiveram repercussão nacional, e o prefeito recebeu a alcunha de "Rei do Nepotismo".
Também foram mantidos o secretário de Assistência Social, Romero Martins, e a diretora de Departamento de contratos e licitações, Saionara Lucena Silva.
As exonerações alcançam uma economia de R$ 200 mil por mês. Em nota, o prefeito alegou que a medida é por conta de uma questão financeira, devido ao não repasse do Governo Federal de auxílio extra.
O prefeito também disse que vai contratar e fazer ajustes na gestão pública em janeiro de 2018. A prefeitura de Montadas efetuou o pagamento da folha de dezembro nesta sexta-feira (29), na ordem de R$ 600 mil.
Confira a nota:
Prefeitura de Montadas publicou hoje no Diário Oficial a portaria de Nº170/2017 onde exonera os cargos comissionados e rescinde os contratos dos servidores temporários. Em nota o Prefeito Jonas de Souza, diz que essa medida é por conta da questão financeira e devido o repasse que o município não recebeu do governo federal, para auxiliar o município. Jonas ainda pontua que em janeiro já começará a contratar as pessoas e a fazer alguns ajustes na gestão pública municipal. Ainda anuncia que hoje já está pagando o PMAQ e amanhã dia 29/12 será o pagamento dos funcionários efetivos.

Fonte clickpb

tags

0 comentários:

Postar um comentário