quinta-feira, janeiro 25, 2024

De virada, Vitória perde pro Barcelona de Ilhéus e conhece primeira derrota no Baianão


Terminou a invencibilidade do Vitória na temporada. Após vencer nas duas primeiras rodada do Campeonato Baiano, o Leão foi derrotado pelo Barcelona de Ilhéus, de virada, por 2 a 1, nesta quarta-feira (24), no Estádio Mário Pessoa. Os gols do confronto foram marcados no 1° tempo por Iury Castilho, pro Leão, aos 5 minutos, e Natan e Cesinha, aos 10 e 20 minutos, respectivamente, para a Onça.
Com o resultado, o Vitória parou nos seis pontos e caiu para a segunda colocação, ultrapassado justamente pelo Barcelona de Ilhéus, que chegou aos sete pontos e lidera o Baianão 2024. Agora, o Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (28), às 16h, no Barradão, contra a Juazeirense, pela 4ª rodada da competição. Já a Onça enfrenta o Jacobina, no Estádio José Rocha, no sábado (27), às 18h30.
O JOGO
Antes do primeiro minuto de bola rolando, o Vitória foi o primeiro time a levar perigo ao gol adversário. Caio Dantas recebeu dentro da área e passou para Matheusinho finalizar. O chute do meia rubro-negro desviou na zaga e saiu pela linha de fundo, perto do gol do goleiro Thiago Passos.
Vitória abre o placar aos 5 minutos
O domínio rubro-negro se transformou em vantagem no placar aos 5 minutos de jogo. Matheusinho avançou pela direita e cruzou na medida para Yuri Castilho. O atacante dominou com tranquilidade, esperou o melhor momento para chutar forte e balançou a rede do Barcelona de Ilhéus.
Este foi o segundo gol de Yuri Castilho no Campeonato Baiano. Foi dele o tento da vitória rubro-negra na estreia do Baianão 2024, contra o Jacuipense, na semana passada.

Empata o Barça!

A Onça respondeu rapidamente. Aos 12 minutos, Hadrian fez boa jogada pela esquerda e cruzou para área. O zagueiro Vagner Leonardo afastou para entrada da área e a bola ficou limpa para Natan deixar tudo igual no Estádio Mário Pessoa.
Quase a virada
Aos 16 minutos, o Barcelona de Ilhéus obrigou Lucas Arcanjo a realizar grande defesa. Hadrian tabelou com Dionas Bruno e bateu forte. O goleiro do Leão pulou bonito e fez ótima intervenção.
Mais uma grande defesa e frango na sequência
Só dava o time de Ilhéus. Aos 19′, o volante Ramires aproveitou a bola afastada por Camutanga e emendou um chutaço, no ângulo, sem deixar a pelota cair. Arcanjo voou e realizou a sua segunda grande defesa na partida. Na cobrança de escanteio originida pela defesa de Arcanjo, o arqueiro rubro-negro soltou uma bola fácil no pé de Cesinha, que aproveitou o presente e virou o jogo para o Barcelona de Ilhéus.
Castilho na trave!
Três minutos depois de sofrer a virada, o Vitória acertou a trave do goleiro Thiago Passos. Dudu acionou Iury Castilho, que ajeitou pro pé direito e chutou colocado na trave.
Aos 35 minutos, o Leão criou outra boa chance para empatar a partida. Osvaldo recebeu de Zeca pela direita e cruzou na medida para Caio Dantas, mas o camisa 9 errou o alvo e cabeceou para fora do gol. Aos 39′, Castilho teve outra chance de finalizar, mas a zaga do Barcelona de Ilhéus desviou para a linha de fundo.
Responde o Barça!
Nos acréscimos do 1° tempo, aos 51 minutos, Hugo Moura cobrou falta lateral direto para o gol e exigiu outra boa defesa de Lucas Arcanjo. Antes da bola sair em escanteio, ela ainda beliscou o travessão. O animado 1° tempo no Mário Pessoa terminou com seis finalizações para cada lado.
Bahia na Web
×
De virada, Vitória perde pro Barcelona de Ilhéus e conhece primeira derrota no Baianão
Por Bahia na Web postado em 25 de janeiro de 2024 às 09:06
facebook sharing buttontwitter sharing buttonmessenger sharing buttonwhatsapp sharing button

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória
Terminou a invencibilidade do Vitória na temporada. Após vencer nas duas primeiras rodada do Campeonato Baiano, o Leão foi derrotado pelo Barcelona de Ilhéus, de virada, por 2 a 1, nesta quarta-feira (24), no Estádio Mário Pessoa. Os gols do confronto foram marcados no 1° tempo por Iury Castilho, pro Leão, aos 5 minutos, e Natan e Cesinha, aos 10 e 20 minutos, respectivamente, para a Onça.

 

Com o resultado, o Vitória parou nos seis pontos e caiu para a segunda colocação, ultrapassado justamente pelo Barcelona de Ilhéus, que chegou aos sete pontos e lidera o Baianão 2024. Agora, o Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (28), às 16h, no Barradão, contra a Juazeirense, pela 4ª rodada da competição. Já a Onça enfrenta o Jacobina, no Estádio José Rocha, no sábado (27), às 18h30.

 

O JOGO

 

Antes do primeiro minuto de bola rolando, o Vitória foi o primeiro time a levar perigo ao gol adversário. Caio Dantas recebeu dentro da área e passou para Matheusinho finalizar. O chute do meia rubro-negro desviou na zaga e saiu pela linha de fundo, perto do gol do goleiro Thiago Passos.

 

Vitória abre o placar aos 5 minutos

 

O domínio rubro-negro se transformou em vantagem no placar aos 5 minutos de jogo. Matheusinho avançou pela direita e cruzou na medida para Yuri Castilho. O atacante dominou com tranquilidade, esperou o melhor momento para chutar forte e balançou a rede do Barcelona de Ilhéus.

 

Este foi o segundo gol de Yuri Castilho no Campeonato Baiano. Foi dele o tento da vitória rubro-negra na estreia do Baianão 2024, contra o Jacuipense, na semana passada.

 

Empata o Barça!

 

A Onça respondeu rapidamente. Aos 12 minutos, Hadrian fez boa jogada pela esquerda e cruzou para área. O zagueiro Vagner Leonardo afastou para entrada da área e a bola ficou limpa para Natan deixar tudo igual no Estádio Mário Pessoa.

 

Quase a virada

 

Aos 16 minutos, o Barcelona de Ilhéus obrigou Lucas Arcanjo a realizar grande defesa. Hadrian tabelou com Dionas Bruno e bateu forte. O goleiro do Leão pulou bonito e fez ótima intervenção.

 

Mais uma grande defesa e frango na sequência

 

Só dava o time de Ilhéus. Aos 19′, o volante Ramires aproveitou a bola afastada por Camutanga e emendou um chutaço, no ângulo, sem deixar a pelota cair. Arcanjo voou e realizou a sua segunda grande defesa na partida. Na cobrança de escanteio originida pela defesa de Arcanjo, o arqueiro rubro-negro soltou uma bola fácil no pé de Cesinha, que aproveitou o presente e virou o jogo para o Barcelona de Ilhéus.

 

Castilho na trave!

 

Três minutos depois de sofrer a virada, o Vitória acertou a trave do goleiro Thiago Passos. Dudu acionou Iury Castilho, que ajeitou pro pé direito e chutou colocado na trave.

 

Aos 35 minutos, o Leão criou outra boa chance para empatar a partida. Osvaldo recebeu de Zeca pela direita e cruzou na medida para Caio Dantas, mas o camisa 9 errou o alvo e cabeceou para fora do gol. Aos 39′, Castilho teve outra chance de finalizar, mas a zaga do Barcelona de Ilhéus desviou para a linha de fundo.

 

Responde o Barça!

 

Nos acréscimos do 1° tempo, aos 51 minutos, Hugo Moura cobrou falta lateral direto para o gol e exigiu outra boa defesa de Lucas Arcanjo. Antes da bola sair em escanteio, ela ainda beliscou o travessão. O animado 1° tempo no Mário Pessoa terminou com seis finalizações para cada lado.

 

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

 

Segundo Tempo

 

O técnico Léo Condé voltou para o 2° tempo com a entrada de Caio Vinícius, um dos contratados do Vitória nesta temporada, no lugar de Dudu.

 

Mais uma bola na trave do Barça

 

A primeira chance da segunda etapa foi do Barcelona de Ilhéus. Aos 5 minutos, Hadrian avançou pela esquerda e tocou na medida para Dionas Bruno. O meia finalizou da marca do pênalti e Lucas Arcanjo espalmou e a bola bateu no travessão rubo-negro.

 

Caio Dantas perde chance 

 

Aos 13′, Caio Dantas, reforço do Vitória para 2024, recebeu passe de Osvaldo dentro da área, mas bateu mal e não foi dessa vez que o centroavante conseguiu marcar o seu primeiro gol com a camisa do Leão. Cinco minutos depois, o técnico Léo Condé tirou Caio e colocou Zé Hugo em campo.

 

Aos 31 minutos, Léo Condé fez mais duas substituições: Raúl Cáceres estreou pelo Leão entrando no lugar de Zeca e Eryc Castillo substituiu Osvaldo. Aos 40′, Mateus Gonçalves entrou no lugar de Iury Castillo.

 

Últimas tentativas rubro-negras

 

Aos 43 minutos, Raúl Cáceres jogou a bola na área, Camutanga dividiu com a defesa e na sobra Matheusinho mandou um voleio. A bola passou perto do gol do goleiro Thiago Passos. Aos 52′, Mateus Gonçalves acelerou pela esquerda e cruzou para Camutanga cabecear no meio do gol.

 

No fim, o placar terminou 2 a 1 para o Barcelona de Ilhéus, que conquistou a sua primeira vitória na história diante do Vitória. Antes do duelo de hoje, foram dois jogos com um empate e uma vitória do Leão.

 

FICHA TÉCNICA

 

Barcelona de Ilhéus 2×1 Vitória

Campeonato Baiano – 3ª rodada

Local: Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus

Data: 24/01/2024

Horário: 21h30

Árbitro: Diego Pombo Lopez

Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha e Daniella Coutinho Pinto

Cartões amarelos: Dudu

Gols: Iury Castilho aos 5 minutos, Natan aos 10′ e Cesinha aos 20′ do 1° tempo
Barcelona 
Barcelona de Ilhéus: Thiago Passos, Hugo Moura, Jadson Sergipano, Jaques, Lucas Araújo (Reginaldo), Bruno Ritter (Alan Mineiro), Ramires, Hadrian (João Henrique), Dionas Bruno (Tauã), Natan e Cesinha (Ninho Xavier). Técnico: Betinho.
Vitória 
Vitória: Lucas Arcanjo, Zeca (Raúl Cáceres), Camutanga, Wagner Leonardo, Patric Calmon, Dudu (Caio Vinícius), Willian Oliveira, Matheusinho, Osvaldo (Eryc Castillo), Yuri Castillo (Mateus Gonçalves) e Caio Dantas (Zé Hugo). Técnico: Léo Condé.
Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cachoeira: Acusado de matar jovem universitária quilombola vai a júri popular dia 24 de julho

Acusado pelo feminicídio da jovem quilombola Elitânia de Souza no Recôncavo baiano, Alexandre Passos Silva Góes vai a julgamento...